(Esq) Romeu Zema e João Amoêdo(Esq) Romeu Zema e João Amoêdo

O governador eleito de Minas Gerais, Romeu Zema, terá o apoio do conselho nacional do partido NOVO durante o seu governo. A afirmativa é do fundador do partido e ex-presidenciável João Amoêdo, durante entrevista ao jornal Hoje em Dia na última segunda-feira (29).

 “Estaremos muito dedicados e seremos muito ambiciosos nos planos para Minas. Vamos ajudar o Romeu a fazer o melhor governo possível aqui no Estado”, disse. O conselho, que ainda está em formação, contará com profissionais de todo o país e de diversos ramos. A quantidade de pessoas que irá compor o grupo não foi detalhada.

Minas Gerais passa a ser a principal vitrine do partido NOVO em todo o Brasil. Em caso de fracasso do governo Zema, o partido pode enfrentar grandes dificuldades de reconstruir a retórica utilizada na campanha de 2018. “Minas Gerais é o segundo colégio eleitoral do Brasil e também é um reflexo do país. Temos que fazer, de fato, que aqui seja um trampolim para as próximas eleições”, enfatizou João Amoêdo.

Continua após a publicidade

O conselho no NOVO deve auxiliar Zema na escolha do secretariado. “Todas as decisões serão tomadas por Zema e pelo Brant. Nós só vamos auxiliá-los”, afirmou Amoêdo ao jornal.

O vereador Mateus Simões (Novo), coordenador do processo de transição do governo Pimentel para o governo Zema, anunciou que o governador eleito deve anunciar os membros da equipe, para a publicação do decreto da transição nos termos da Lei 19.434/2011.

O recrutamento de pessoal será feito por empresa especializada e os indicados submetidos a uma sabatina na comissão do partido.


Comments are closed.