Mãe do Ouro (Foto: Reprodução)
Mãe do Ouro (Foto: Reprodução)

A lenda da Mãe do Ouro está no imaginário dos moradores da zona rural do município e é conhecida em toda a região do Pontal do Triângulo Mineiro. Constitui-se de uma aparição de uma bola resplandecente, com um brilho muito forte, conhecida como “bola de fogo”. Segundo vários moradores da zona rural do município desde tempos mais antigos a mãe do ouro costuma aparecer no meio do cerrado. Aqui a Mãe do Ouro não se transforma em uma bela mulher como é em outros lugares, aqui há a aparição de uma bola de fogo muito reluzente, que muda de cor e que vai andando pelo cerrado até dar um forte brilho e desaparecer. Alguns acreditam que onde ela desaparece é um lugar onde está escondido grande quantidade de ouro, daí o nome de “Mãe do Ouro”. Essa bola de fogo também é conhecida por muitos como luz do cerrado e não a associam à lenda da Mãe do Ouro.

Segundo o sr Paulo de Souza, que já viu a mãe do ouro várias vezes em sua residência na zona rural do município, a luz não faz mal a ninguém e nem prejudica ninguém, mas aparece de uma forma vislumbrante e vai andando pelo cerrado até chegar em um determinado local, onde aumenta o brilho como uma explosão e depois desaparece. Outro morador da zona rural relatou que um dia andando de carroça pela estrada a luz surgiu no cerrado, veio andando rapidamente e quando passou perto da carroça aumentou consideravelmente o brilho e iluminou tudo em volta e depois desapareceu. Essa luz é vista em toda a região do Pontal do Triângulo Mineiro.

A ciência dá a explicação para esse fenômeno com o nome de Fogo Fátuo, originado pela decomposição de materiais orgânicos, ocasionando a queima do gás metano em forma azulada e outra explicação e a liberação de gases provenientes da oxidação do ouro. O que muitos acreditam é que a Mãe do Ouro aparece para alertar sobre o local e para que não haja a destruição do mesmo.
Atualmente, a Mãe do Ouro tem diminuído suas aparições, devido ao desmatamento, segundo alguns. Antes, a Mãe do Ouro aparecia mais constantemente. Ela não é avistada na zona urbana, em meio às construções, mas somente na zona rural.

Continua após a publicidade

Diversos trabalhadores de lavouras como tratoristas dizem já ter vista a bola de fogo em meio à madrugada. Ela vem passa perto e vai embora. Com a diminuição de habitantes da zona rural e com o aumento da população urbana as lendas, que são uma tradição do interior das cidades correm o perigo de ficar no esquecimento.


Comments are closed.