Início Notí­cias Capinópolis Audiência pública discute implantação de sistema de monitoramento por câmeras em Capinópolis

Audiência pública discute implantação de sistema de monitoramento por câmeras em Capinópolis

Publicada em:

ASSISTA À REPORTAGEM

Uma audiência pública realizada na tarde desta quinta-feira (06) de dezembro, discutiu a viabilidade da implantação de um sistema de vídeo monitoramento em Capinópolis, no Pontal do Triângulo Mineiro.

O evento foi realizado no Fórum Odovilho Alves Garcia e contou com a presença de representantes do setor público, empresários e entidades. A estrutura do projeto foi realizada pelo Ministério Público (PM), Polícia Civil e a Polícia Militar.

Continua após a publicidade

Durante a audiência, foram apontados os locais críticos onde o vídeo monitoramento será implantado. Inicialmente, a instalação de câmeras de alta definição ocorrerá no Centro da cidade e no Setor Industrial —onde o índice de furtos aumentou substancialmente. Na parte central da cidade, haverão câmeras próximo à Praça João Moreira de Souza, área bancária, rua 102 e na avenida 101. As entradas e saídas da cidade de Capinópolis também serão monitoradas.

O sistema de vídeo será integrado a uma central de monitoramento, que será instalada no 5º Pelotão PM de Capinópolis.

Segundo o comandante do 5º Pelotão PM de Capinópolis, Tenente Renato Medeiros, Parte do efetivo policial é reduzido durante o dia, para priorizar o patrulhamento durante a noite. Ainda segundo o primeiro orçamento para implantação do vídeo monitoramento foi de R$150 Mil, no entanto, uma outra empresa apresentou valores na ordem de aproximadamente R$42.800,00.

Segundo a promotora de Justiça da Comarca de Capinópolis, Dra. Maria Carolina da Silveira Beraldo, a audiência teve o objetivo de reunir as classes e buscar recursos para implantação do sistema de vídeo monitoramento.

“Essa reunião é a primeira específica para discutir segurança pública e implementação de um projeto concreto de monitoramento da cidade para reprimir os crimes. O objetivo, hoje, foi trazer setores da comunidade (…) para que a gente consiga levantar recursos para implementar o projeto”, disse a promotora de Justiça.

A transmissão das imagens em tempo real se dará por meio de internet via rádio e não por fibra ótica. Segundo o Juiz da Comarca de Capinópolis, Thales Cazonato Corrêa, a medida criativa visa reduzir custos.

“É uma forma mais criativa, nós poderíamos fazer um projeto mais grandioso (…) de fibra ótica, só que é de grandes centros, temos que trabalhar com nossa realidade. Eu sou da seguinte opinião — é melhor termos alguma coisa do que não ter nada”, enfatizou o juiz.

Durante a apresentação, foi apontado um aumento 48,9% no índice de furtos em Capinópolis se comparado ao ano anterior. Em 2017, foram 94 furtos registrados —até novembro de 2018, o número de registro chegou a 140.

O empresário Mário Flabes já foi vítima de vários furtos somente em 2018. “Eu tenho certeza que isso vai inibir muito a ação de furtos e roubos na nossa cidade. Eu mesmo fui vítima — todos sabem— por três vezes, no meu estabelecimento no Setor Industrial”, disse o empresário e ex-vereador Mário.

segundo o comandante Renato Medeiros, a redução no índice de criminalidade chega a 50% em cidades onde já foi implantado. “A gente conseguiu ver que em cidades onde foi implementado o vídeo monitoramento, reduziu cerca de 50% nos crimes contra o patrimônio nas áreas monitoradas”, disse o comandante.

Segundo o delegado da Polícia Civil de Capinópolis, dr. Cleiton Viana, o sistema de vídeo monitoramento inibirá o avanço de criminosos no chamado ‘novo cangaço’. “O sistema retirará Capinópolis da rota dos grandes crimes, especialmente de estouro de caixas eletrônicos. Isso acaba inibindo a vinda deste ‘novo cangaço’, como é conhecido hoje, por conta da possibilidade de identificação destas pessoas”, pontuou o delegado.

Ao final da audiência, importantes doações já haviam sido realizadas. A Câmara Municipal de Capinópolis se comprometeu a doar um televisor de 60″ ou 65″ e um empresário doou R$5 Mil.

O presidente da Câmara, Ivo Américo, ressaltou a importância do projeto. “A Câmara Municipal, através de seu presidente, está disponibilizando recursos para que este projeto seja engajado, seja realizado com sucesso. Eu vejo que nosso povo precisa, é necessário, é um projeto que vai dar um novo visual à Capinópolis, onde nós vamos baixar a criminalidade”, ressalto ou presidente da Câmara de vereadores.

Fotos:


Comments are closed.