Os jovens acusados de agredir violentamente um taxista em Uberlândia no último domingo (9), responderão o processo presos. O menor de idade continuará internado no Centro Socioeducativo — ela aparece nas imagens chutando o taxista já desacordado.

___ O texto continua após a publicidade ___

A decisão foi tomada durante uma audiência de custódia nesta quarta-feira (12) de dezembro em Uberlândia, Minas Gerais.

Os envolvidos na brutal agressão foram presos logo após o início da divulgação das imagens nas redes sociais. Segundo a policia, os dois presos maiores de idade já tinham passagens por tráfico de drogas, roubo e receptação.

A decisão de manter o adolescente de 14 anos foi do Ministério Público e a Justiça da Infância e Juventude. A Justiça tem 45 dias para decidir julgar o envolvimento do menor na ocorrência.

Testemunhas que não socorreram taxista agredido em Uberlândia podem responder por omissão

As pessoas que presenciaram a brutal agressão a um taxista em Uberlândia no último domingo e não prestaram socorro, podem responder judicialmente por omissão de socorro.

A PC trabalha para identificar e intimar essas pessoas para prestarem depoimentos.

Envolvidos foram presos pela PM logo após cometerem a agressão ao taxista
Envolvidos foram presos pela PM logo após cometerem a agressão ao taxista

REVEJA AS IMAGENS BRUTAIS DA AGRESSÃO E A ENTREVISTA DO TENENTE RAFAEL


Comments are closed.