Uberaba figura entre as 100 melhores cidades do país no ranking da transparência da União; veja outras cidades

Uberaba ocupa 94ª posição entre as cidades mais transparentes do Brasil — Foto: Reprodução/TV Integração
Uberaba ocupa 94ª posição entre as cidades mais transparentes do Brasil — Foto: Reprodução/TV Integração

O município de Uberaba está entre as 100 cidades brasileiras com as melhores avaliações no ranking “Escala Brasil Transparente (EBT) – Avaliação 360°”, divulgado pelo Ministério da Transparência e a Controladoria-Geral da União (CGU) na semana passada. A única cidade do Triângulo Mineiro melhor colocada no levantamento ocupa a 94ª posição, com a nota 8,75.

A iniciativa da União avalia o grau de cumprimento de dispositivos da Lei de Acesso à Informação (LAI) e de outros normativos sobre a transparência nos estados, no Distrito Federal e em todos os municípios com mais de 50 mil habitantes.

No total, foram avaliados 691 entes federativos, sendo 72 municípios mineiros. Serra (ES) foi considerado o município mais transparente do país, com a nota 9,95.

Na escala de cidades mais transparentes do país, Uberlândia aparece na 390ª posição, à frente de Ituiutaba (585ª) e Araguari (593ª). Já na região do Alto Paranaíba, Araxá está na 487ª colocação enquanto Patos de Minas e Patrocínio aparecem em 526º e 646º, respectivamente. Confira abaixo a nota das principais cidades da região mineira:

Cidades da região no Ranking da Transparência

Cidade Posição Nota
Uberaba 94 8.75
Uberlândia 390 5.98
Araxá 487 5.34
Patos de Minas 526 4.91
Ituiutaba 585 4.19
Araguari 593 3.99
Patrocínio 646 2.85

Metodologia

A avaliação foi realizada entre julho e novembro deste ano. Todas as unidades foram analisadas dentro de uma escala de zero a dez pontos, passando pelas fases de Avaliação, 1ª Revisão e 2ª Revisão. As notas foram calculadas pela soma de dois critérios: Transparência Passiva (50%) e Transparência Ativa (50%).

De acordo com a Controladoria, como a métrica é diferente, não é possível comparar as notas atuais com as obtidas pelos municípios em edições anteriores da pesquisa.

Os gestores públicos que discordarem de algum item da avaliação devem entrar em contato com a CGU por meio do formulário eletrônico até dia 28 de dezembro de 2018.

Fonte: Tv Integração

Vereador mata a ex-companheira e tira a própria vida em Serra do Salitre

Marcos Silva (Foto: Arquivo Tudo Em Dia)

Vereador Marcos da Silva é preso em Ipiaçu