Bombeiros fiscalizam instalações de ‘luz piloto’ em Ituiutaba

'Luz Piloto' em prédio na cidade de Ituiutaba durante fiscalização (Foto: Bombeiros/Divulgação)
‘Luz Piloto’ em prédio na cidade de Ituiutaba durante fiscalização (Foto: Bombeiros/Divulgação)

O Corpo de Bombeiros Militar começou a fiscalização nos prédios da cidade de Ituiutaba para verificação da Luz Piloto.

O uso da Luz Piloto é obrigatório em todas as edificações verticais que contam com objetos que possam obstruir o espaço aéreo e prejudicar a aviação.

A finalidade da sinalização é reduzir os perigos para as aeronaves, minimizando os riscos de acidentes indicando a presença de obstáculos, conforme a Portaria 1.141/GM5/1987, do Ministério da Aeronáutica.

A Luz Piloto é de coloração vermelha e pode ser de intensidade baixa, média ou alta. O tipo de sinalização proporcionada pela Luz Piloto dependerá da altura do prédio. A disposição das luzes pode variar de 1,5 a 45 metros de altura.

É fundamental que a sinalização seja feita de forma que o obstáculo aéreo seja avistado a partir de qualquer direção. Sua instalação não consta em norma da ABNT, mas pode ser vistoriada pelo Corpo de Bombeiros, principalmente em casos em que a edificação tenha heliponto.

A Luz Piloto deve estar em perfeitas condições de uso para evitar acidentes, que, se ocorrerem, implicarão em consequências civis e criminais ao síndico.

A fiscalização do Corpo de Bombeiros vai perdurar durante todo o mês de janeiro, até concluírem todos os prédios da cidade.

 

Segundo a PMA, o local é uma área de preservação permanente (Foto: PMA/Divulgação)

PMA autua empresa por uso de roçadeira em área de preservação ambiental em Ituiutaba

Após 35 anos no ar, Vídeo Show é cancelado pela Globo