Detento mata esposa durante visita íntima no CDP de Jundiaí/SP

Nicoly ao lado do algoz (Foto: Reprodução/Facebook)
Nicoly ao lado do algoz (Foto: Reprodução/Facebook)

Uma jovem de 22 anos foi morta brutalmente assassinada pelo marido durante uma visita íntima no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Jundiaí (SP). O crime ocorreu no último domingo (27) de janeiro — as informações foram divulgadas pela TV TEM, no interior de São Paulo.

Nas redes sociais, Nicolly Guimarães Sapucci defendia o casamento com o detento e fazia juras de amor.

Na tarde de domingo, Michael Denis Freitas, de 25 anos, agrediu violentamente a jovem com chutes no rosto.

A vítima chegou a ser socorrida e levada ao Hospital São Vicente de Paulo, no entanto, não resistiu aos ferimentos. O corpo foi encaminhado ao IML de Jundiaí.

O agressor foi autuado em flagrante por homicídio. O caso será investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher de Jundiaí.

Michael Denis Freitas cumpre pena por roubo.

ANTES, A VÍTIMA DEFENDIA O CASAMENTO COM O MARIDO

Uma câmera de segurança flagrou os suspeitos fugindo em um veículo sedan de cor escura (Foto: Reprodução)

Polícia busca por criminosos que furtaram casas em Capinópolis e fugiram

Alerta. Situação é mais grave para 48 municípios mineiros, pois neles estão localizadas 162 estruturas com alto potencial de dano ambiental

Bombeiros retiram três corpos de casa soterrada em Brumadinho