Funcionária da COOPTAL é hospitalizada após inalar veneno durante processo de reciclagem em Capinópolis

Essa já é a segunda vez que embalagens com veneno são encontradas na cooperativa. O ato de irresponsabilidade coloca vidas em risco

O frasco do veneno foi encontrado na esteira de seleção de materiais (Foto: Paulo Braga / Tudo Em Dia)
O frasco do veneno foi encontrado na esteira de seleção de materiais (Foto: Paulo Braga / Tudo Em Dia)

Uma funcionária da Cooperativa de Reciclagem do PontalCooptal— teve de receber atendimento médico na manhã desta terça-feira (05) após inalar veneno durante o processo de reciclagem em Capinópolis.

Quelita Maria da Silva é funcionária da cooperativa e inalou o veneno ao chegar à empresa. A funcionária sentiu fortes náuseas — chegando a cair. Ela foi socorrida e encaminhada ao Pronto Atendimento local.

Segundo a tesoureira da cooperativa, Adriana Ferreira Souza, o frasco de Malathion foi encontrado na última segunda-feira (4). “A embalagem foi encontrada ontem. O cheiro é bastante forte”.

A embalagem do veneno estava junta com outros recicláveis e chegou a entrar na esteira de seleção. O frasco foi removido para fora das instalações por funcionário, no entanto, o forte odor impregnou no local.

Essa já é a segunda vez que embalagens de veneno são encontradas durante o processo de reciclagem na cooperativa em Capinópolis. O ato irresponsável coloca a vida dos trabalhadores em risco.

<em>Frasco do veneno encontrado na cooperativa ainda e exalava forte odor na manhã desta terça-feira (05). O frasco do veneno tem apenas 100ml (Foto: Paulo Braga / Tudo Em Dia)</em>
Frasco do veneno encontrado na cooperativa ainda e exalava forte odor na manhã desta terça-feira (05). O frasco do veneno tem apenas 100ml (Foto: Paulo Braga / Tudo Em Dia)

Roberto Lopes, funcionário da cooperativa, foi quem deu auxilio à funcionária vítima de intoxicação. Segundo Lopes —”as pessoas que fazem isso não estão valorizando as pessoas que trabalham aqui, por que aqui trabalha seres humanos”, disse.

Quelita Maria lamentou o caso. “(…) aconteceu da outra vez, eles não se conscientizaram”, salientou a funcionária.

Quelita Maria de Souza foi hospitalizada após inalar o veneno
Quelita Maria de Souza foi hospitalizada após inalar o veneno

Atualmente, doze pessoas trabalham na COOPTAL. A cooperativa recicla papel, papelão e plástico — recipientes de vidro também são coletados. Segundo a tesouraria da empresa, toda a produção é vendida para compradores no Estado de Minas Gerais.

Toda a produção da cooperativa é vendida para compradores no Estado de Minas (Foto: Paulo Braga / Tudo Em Dia)
Toda a produção da cooperativa é vendida para compradores no Estado de Minas (Foto: Paulo Braga / Tudo Em Dia)

O malathion ou malatião é um insecticida líquido amarelado que possui um odor forte.

O cheiro ainda estava forte quando a reportagem do Tudo Em Dia chegou ao local.

“Estamos procurando um local adequado para descartá-lo”, finalizou o funcionário Roberto Lopes, se referindo ao frasco do veneno.

O descarte ilegal de embalagens de veneno caracteriza crime ambiental conforme descrito no artigo 56, §1, inciso I da Lei Federal 9605/98

 

Primeira reunião da Câmara Municipal de Capinópolis sob comando de Luciano Belchior (Foto: Paulo Braga/Tudo Em Dia)

Luciano Belchior comanda primeira sessão do Legislativo capinopolense como presidente

Cleidimar Zanotto (Foto: Arquivo Tudo Em Dia)

Prefeito de Capinópolis fala sobre o Carnaval 2019 e o adiamento da volta às aulas; ouça