Prefeito de Capinópolis vai à BH tratar do abastecimento de água do Barbosa II com a Copasa

Os representantes do residencial Barbosa II também estiveram presentes no encontro do prefeito Cleidimar Zanotto com a Copasa

Moradores do Bairro Barbosa II sofrem com a falta d´água potável (Foto: Paulo Braga/Tudo Em Dia)
Moradores do Bairro Barbosa II sofrem com a falta d´água potável (Foto: Paulo Braga/Tudo Em Dia)

Atualizado às 21h10 — Inclusão de informação do ofício enviado pela Câmara Municipal de Capinópolis para que os representantes da Copasa compareçam ao Legislativo.

Atualizado às 07h15 de 02/04/19 — Inclusão do posicionamento da Copasa.

 

A saga dos novos moradores do Residencial Barbosa II para conseguir água potável em suas torneiras pode estar próxima do fim. O residencial fica em Capinópolis, no Triângulo Mineiro.

Várias residências já foram edificadas no local, mas o fornecimento de água é feito pelo caminhão pipa da prefeitura de Capinópolis.

A loteadora — e não a Copasa, como informado anteriormente— já instalou um reservatório de água no residencial há aproximadamente dois anos, mas nem mesmo as casas construídas ao lado recebem a água potável.

A reportagem entrou em contato com a Copasa em Belo Horizonte e com a unidade local da concessionária para saber os motivos da falta de fornecimento de água.

Segundo Edivaldo Salgado Diniz, diretor da unidade local da Copasa, a empresa ‘Residencial Barbosa Empreendimentos Imobiliários Ltda’  ainda não concluiu a estrutura para o abastecimento.

“Se trata de um loteamento particular, onde o empreendedor ainda não finalizou a obra do projeto de abastecimento de água, dentre outras pendências, para recebimento da obra pela Copasa e interligar no sistema de abastecimento de água de Capinópolis”, afirmou Diniz.

Na manhã desta segunda-feira (01) o prefeito de Capinópolis, Cleidimar Zanotto (PSB), esteve em Belo Horizonte com a diretoria da Copasa. Os representantes da empresa ‘Residencial Barbosa Empreendimentos Imobiliários Ltda’ também estiveram presentes.

No encontro, ficou definida uma vistoria no residencial e nas bombas do reservatório.

“Uma equipe foi acionado para avaliar estrutura do residencial ainda nesta semana e ver o que pode ser feito para atender aqueles que ali residem”, disse Cleidimar Zanotto.

Recentemente, os vereadores Caetano Neto da Luz (PSDB) e Edward Sales (PSDB), utilizaram a tribuna da Câmara Municipal de Capinópolis para reivindicar uma solução para o caso.

O residencial já foi castigado pelas chuvas no início de 2018, onde parte do asfalto foi levado ou revirado pelas enxurradas. A empresa responsável por empreendimento já efetuou os reparos.

“Nosso objetivo é buscar mais qualidade de vida aos moradores da localidade. O residencial ainda não foi entregue oficialmente ao município de Capinópolis, mesmo assim, estamos empenhados na solução deste problema, para que as famílias tenham mais dignidade”, pontuou o prefeito Cleidimar Zanotto.

Encontro do prefeito de Capinópolis com a diretoria da Copasa ocorreu na manhã desta segunda-feira (01) - (Foto: Divulgação)
Encontro do prefeito de Capinópolis com a diretoria da Copasa ocorreu na manhã desta segunda-feira (01) – (Foto: Divulgação)

 

Na noite desta segunda-feira (01) o vereador Caetano Neto da Luz apresentou Ofício 37/2019 — que foi assinado pelo presidente Luciano Batista Belchior— para que os representantes da Copasa compareçam ao Legislativo capinopolense.

 

Copasa e loteadora se posicionam sobre o fornecimento de água no Barbosa II em Capinópolis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Trecho da ferrovia (Foto: ANTT)

Concessão da ferrovia Norte Sul impulsionará desenvolvimento do Pontal Mineiro, diz deputado

Reunião da Câmara Municipal de Capinópolis (Foto: Paulo Braga/Tudo Em Dia)

Vereadores derrubam veto do poder Executivo e parcelamento da previdência deve ser menor