Bolsonaro demite ministro da Educação Ricardo Vélez

O professor Abraham Weintraub assumirá a pasta

Ricardo Vélez Rodrigues (Foto; Divulgação)

O colombiano Ricardo Veléz, então Ministro da Educação do Governo Bolsonaro, foi demitido na manhã desta segunda-feira (08) pelo presidente da República.
O comunicado foi feito pelo próprio Jair Bolsonaro no Twitter.

Abraham Weintraub assumirá a pasta. Weintraub é professor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), mestre em finanças pela FGV atua no mercado financeiro.

Ricardo Vélez assumiu o Ministério em 1º de janeiro, mas, desde então, não conseguiu alçar voo e acabou em uma turbulência no MEC. Alguns creditam a instabilidade da gestão de Vélez graças à falta de harmonia entre militares e olavistas.


<blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt"><p lang="pt" dir="ltr">Comunico a todos a indicação do Professor Abraham Weintraub ao cargo de Ministro da Educação. Abraham é doutor, professor universitário e possui ampla experiência em gestão e o conhecimento necessário para a pasta. Aproveito para agradecer ao Prof. Velez pelos serviços prestados.</p>— Jair M. Bolsonaro (@jairbolsonaro) <a href="https://twitter.com/jairbolsonaro/status/1115261421321883648?ref_src=twsrc%5Etfw">8 de abril de 2019</a></blockquote>
<script async src="https://platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script>
Carlos De Lannoy (Reproducao_TV_Globo)

Jornalista da Tv Globo é ameaçado em rede social por cobertura de carro fuzilado pelo Exército

Prazo para isenção de taxa no Enem vai até 10 de abril