Secretaria abre espaço para comunidade participar do controle das ações de saúde em Capinópolis

Foto: (Ascom)
(Foto: Ascom)

O Conselho Municipal de Saúde se reuniu na noite de quarta-feira, dia 10, para mais uma etapa do controle social, que visa dar a oportunidade para a comunidade participar do controle das ações da saúde.

A presidente do Conselho Municipal de Saúde, Isabela Borges, foi a responsável pela direção da reunião.

“Realizamos mais uma etapa do controle social, na área da saúde, onde a população tem a oportunidade de participar do controle das ações e dos recursos financeiros da área da saúde. Normalmente, são dois espaços que a população tem a oportunidade de verificar, mas com a orientação dos técnicos da área da saúde, um seria a Conferência Municipal de Saúde e outro o que normalmente acontece mensalmente, que são as reuniões do Conselho Municipal.

Com a Conferência que aconteceu no último dia 5 de abril, tivemos algumas adesões, onde tivemos convidados, inclusive, vereadores participando da reunião do conselho. Foi uma das reuniões mais importantes do ano, onde ocorreu a apresentação do relatório anual de gestão, do ano 2018, foram apresentados diversos assuntos, dentre eles, os indicadores na área da saúde, onde o município tem que cumprir metas.

Felizmente conseguimos apresentar o relatório e o município está bem, porque conseguiu cumprir os indicadores. Mostra que é uma equipe que está realmente se dedicando muito no trabalho, e mesmo com as dificuldades de recursos financeiros, a equipe tentou o máximo possível com a redução de recursos e com criatividade fazer atividades que a população pudesse participar e que também pudesse realizar o controle das doenças no município.

Uma das coisas que a gente percebeu, que foi favorável foi a questão da redução de internações, uma delas é principalmente é da área da saúde mental, porque como a equipe do Nasf – Núcleo Ampliado de Saúde da Família é bem integrada e atuante, eles conseguiram reduzir em mais de 90% as internações. Isso acontece porque agora o paciente tem uma atenção mais diretamente no seu domicílio, a equipe trabalha mais diretamente com a família, na questão de orientação, porque era um aspecto muito falho aqui no município, porque a família ficava lá com o seu doente e nem sempre ela tinha essa assistência. Outros assuntos abordados foram a programação dos anos de 2019 e 2020. Foram abordados também o Plano de Controle da Hanseníase no município e também o Plano de Saúde do Trabalhador. Foi uma discussão bem ampla, tanto que foi uma reunião que até passou do limite de duração que normalmente a gente tem, na média de reuniões, tendo durado quase duas horas, mas realmente foi uma participação muito boa dos integrantes que estiveram ali”, arrematou Isabela Borges.

Homem é condenado a indenizar namorado da filha após flagrá-los nus dentro de carro

Pequeninhos do CEMEI realizam caminhada contra a dengue em Capinópolis