Vereador Cabral quer instalação de Internet Wi-Fi em ônibus de estudantes em Capinópolis

Vereador Cabral junto aos veículos de transporte público do Município de Capinópolis
Vereador Cabral junto aos veículos de transporte público do Município de Capinópolis

CAPINÓPOLIS, TRIÂNGULO MINEIRO – Os vereadores da Câmara Municipal de Capinópolis aprovaram de forma unânime a proposição 86/2019 para que o Poder Executivo instale internet Wi-Fi nos ônibus estudantis de Capinópolis. A proposição é de autoria do vereador Bernaldo Evaristo Cabral (PT).

Segundo Cabral, esta medida proporcionará mais conforto aos estudantes de Capinópolis, possibilitando que possam usar a internet no percurso de suas residências até as escolas, realizando pesquisas mesmos dentro do ônibus com seus aparelhos eletrônicos.

WiFi em transporte público não é novidade. Em algumas regiões brasileiras as empresas, principalmente de metrôs, transportes rodoviário e aéreo, já oferecem essa facilidade, porém ainda não é regra. 

O Tudo em Dia buscou informações com especialistas em tecnologia para saber como o sistema Wi-fi funciona dentro do veículo de transporte coletivo. O sinal chega via 3G ou 4G e é recebido por meio de um modem e dentro do ônibus, um roteador garante a redistribuição do sinal para os usuários, mediante senha e autenticação de acesso. Isso garante que pessoas que não sejam os passageiros não acessem a rede de maneira a se aproveitar de eventuais brechas no equipamento.

Exemplo de modem 3G/4G (foto: divulgação)
Exemplo de modem 3G/4G (foto: divulgação)

Operadoras com o Algar Telecom já contam com pacote de dados ilimitados.

Nas estradas e também na zona rural, a conexão com a internet pode ficar comprometida, já que o sinal das operadoras é deficiente em muitos destes locais – Em alguns casos, é possível se conectar na zona rural via rede 2G, mas a velocidade de tráfego é muito baixa, chegando a demorar mais de 10 minutos para abrir uma simples foto com resolução de 8 mega pixel e se vários usuários estiverem conectados ao mesmo tempo, a demora pode aumentar consideravelmente.

Em alguns países mais desenvolvidos, como Estados Unidos, torres retransmitem sinal de Internet emitidos por satélites. No Brasil já há este tipo de conexão via satélite há algum tempo, mas o custo ainda é muito elevado.

Homem de 63 anos é assassinado a golpes de foice em Capinópolis

PM realiza palestras sobre ‘Maio Amarelo’ a alunos e sociedade em Capinópolis