Megaoperação da PM e PC prende suspeitos e apreende drogas em Capinópolis

Os suspeitos estavam sendo monitorados desde setembro do ano passado. Ao todo, oito foram presos na ‘Operação Integração’

Assista à reportagem

Uma megaoperação — intitulada ‘Integração’— foi realizada na manhã deste sábado (01) de junho em Capinópolis, no Triângulo Mineiro. A ação conjunta da Polícia Militar (PM) e da Polícia Civil (PC) resultou na prisão de oito suspeitos de envolvimentos com o tráfico de drogas.

A operação reuniu policiais civis e militares de toda a região e às 6h da manhã, executaram os mandados de busca e apreensão em vários locais em Capinópolis.

As pessoas suspeitas estavam sendo investigadas desde setembro de 2018 pelos serviços de inteligências das duas polícias. Várias interceptações telefônicas e campanas foram efetuadas e foram surgindo ramificações que resultaram nas prisões deste sábado.

Megaoperação envolveu a Polícia Militar e a Polícia Civil (Foto: Paulo Braga/Tudo Em Dia)
Megaoperação envolveu a Polícia Militar e a Polícia Civil (Foto: Paulo Braga/Tudo Em Dia)

Quatro núcleos de organizações suspeitas de envolvimento com o tráfico de drogas foram abordados na operação. Os núcleos receberam o nome de ‘Casqueiro’, ‘Lerê’, ‘Carivaldo’, ‘Sapinho’ — os policiais não conseguiram prender integrantes do núcleo ‘Lerê’, mas será solicitado o mandado de prisão preventiva na próxima segunda-feira (3) de junho. Durante entrevista ao jornalista Paulo Braga, o delegado da Polícia Civil, Cleiton Viana, disse que foram encontradas materialidade de crime no local suspeito de ser comandado pelo núcleo ‘Lerê’.

“Nós reunimos as equipes de policiais. Vieram policiais de fora, daqui, Ituiutaba, Centralina, Monte Alegre, então nós fazemos esse reforço porque tinham muitos alvos a serem cumpridos. Um dos núcleos, infelizmente, nós não conseguimos capturar nenhum dos integrantes, mas já temos elementos suficientes, para, já na segunda-feira, protocolar pedido de prisão preventiva em relação a eles, por que conseguimos encontrar nos locais, a materialidade do crime, que é a presença de drogas.” disse Cleiton Viana, delegado da Polícia Civil.

Cleiton Viana, delegado da Polícia Civil da Comarca de Capinópolis durante entrevista ao Tudo Em Dia (Foto: Tudo Em Dia)
Cleiton Viana, delegado da Polícia Civil da Comarca de Capinópolis durante entrevista ao Tudo Em Dia (Foto: Tudo Em Dia)

Os policiais apreenderam munições, medicamentos, um notebook, crack, maconha, cocaína, dinheiro, celulares e materiais para embalagem da droga.

MATERIAIS APREENDIDOS:

_ 01 pedra grande de crack (23g);
_ 83 pedras de crack embaladas (12g);
_ 18 papelotes de cocaína (17g);
_ 04 aparelhos celulares
_ 1360 em espécie, notas fracionadas;
_ 02 rolos de papel filme;
_ 03 rolos de papel alumínio;
_ Uma Motocicleta Xt 660;
_ Uma moto Jog;
_ porção de crack (60g);
_ 577g maconha;
_ 02 tabletes de maconha;
_ 03 aparelhos celulares;
_ R$1.445,00 em espécie, notas fracionadas;
_ Motocicleta Cg tiram 150;
_ Honda Civic;
_ 01 pedra grande de crack (90 gramas);
_ 148,00 reais em espécie;
_ 02 telefones celulares;
_ Yamaha YBR;
_ 12 munições calibre 38.

Ao Tudo Em Dia, o comandante da PM em Capinópolis, Renato Medeiros, disse que a operação mostra uma integração eficiente das polícias.

“Desenvolvemos algumas interceptações telefônicas desde do mês de setembro do ano passado e foi surgido algumas ramificações. A partir dessas ramificações, deflagramos a operação. Foi um sucesso e conseguimos prender oito autores, a maioria deles por tráfico de drogas e muita quantidade de droga apreendidas. Esperamos que tenha um impacto positivo daqui para frente na cidade de Capinópolis. Quando a gente começou a investigar um núcleo, foram surgindo outros”, disse o comandante Renato Medeiros.

Renato Medeiros, comandante do 5º Pelotão Pm de Capinópolis durante entrevista ao Tudo Em Dia (Foto: Paulo Braga/Tudo Em Dia)
Renato Medeiros, comandante do 5º Pelotão Pm de Capinópolis durante entrevista ao Tudo Em Dia (Foto: Paulo Braga/Tudo Em Dia)

“Quero dizer à comunidade de Capinópolis e região que a polícia está atuante e que nós não vamos parar por aqui, isso é só o primeiro de uma série de de trabalhos de integração que a gente vai fazer”, finalizou o delegado Cleiton Viana.

Os suspeitos foram encaminhados ao Pronto Atendimento local para averiguação da integridade física e seguiram rumo ao presídio em Ituiutaba, Minas Gerais.

Presos foram encaminhados à Ituiutaba na manhã deste sábado (1) de junho (Foto: Paulo Braga/Tudo Em Dia)
Presos foram encaminhados à Ituiutaba na manhã deste sábado (1) de junho (Foto: Paulo Braga/Tudo Em Dia)

‘Arte na Praça’ leva artesanatos de alta qualidade a Capinópolis neste sábado (01) de junho

Integrantes do projeto Arte na Praça (foto: Paulo Braga)

Mais uma edição do ‘Arte na Praça’ realizado com sucesso