reprodução
reprodução

A polícia da Espanha apreendeu cerca de uma tonelada de cocaína, em uma operação contra o narcotráfico, em Humanes de Madrid. Os tabletes com a droga estavam escondidos em pedras que precisaram ser quebradas a marretadas pelos policiais. Onze pessoas foram presas envolvidas no esquema. 

As informações são da emissora SUR de Madri.

A investigação começou há cerca de um ano e meio, após o casamento de alto padrão de um suspeito de tráfico de drogas.

Segundo a polícia, um dos suspeitos identificados estava ligado a uma empresa que supostamente vendia pedras de minério de cobre. Durante a investigação, a polícia apurou que antes de chegar na Espanha, a carga teria passado por Cartagena das Índias, na Colômbia, onde supostamente foram introduzidos tijolos de cocaína dentro das rochas. 

CCAA Capinópolis

Da Colômbia, o transporte foi para Barcelona e depois para Saragoça, para finalmente acabar chegar de navio a Humanes de Madrid. No dia 29 de maio os policiais entraram no navio e em mais seis propriedades dos suspeitos. Após várias horas marretando pedras, os policiais encontraram um total de 789 tabletes de cocaína. Os agentes do Grupo Operativo de Interverciones Tecnicas (GOIT) auxiliaram à operação que culminou na prisão de onze pessoas.