Veja como foi a negociação entre assaltantes e a PM em Uberaba

Os bandidos postaram a negociação em uma rede social. O objetivo era dar publicidade para os compromissos assumidos pelo capitão da PM

Os assaltantes que foram presos na manhã desta quinta-feira (27) em Uberaba, no Triângulo Mineiro, postaram o momento das negociações com o Coronel Frederico da Polícia Militar.

“Já manda lá pro deputado… o deputado amigo nosso”, diz um dos criminosos no início da gravação.

Os bandidos são do interior de São Paulo e foram presos com armamento pesado e muitas munições.

O nome do deputado —mencionado por um dos bandidos que negociava a rendição— ainda não é de conhecimento público.



Criminosos foram presos após negociação (Foto: PMMG/Divulgação)
Criminosos foram presos após negociação (Foto: PMMG/Divulgação)

O CASO

Uberaba, no Triângulo Mineiro, foi vítima de criminosos fortemente armados na madrugada desta quinta-feira (27). Uma agência do Banco do Brasil e uma do Itaú eram os alvos principais dos bandidos. A ação criminosa —que envolveu cerca de 25 bandidos fortemente armados— ocorreu por volta das 04h30.

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra um refém amarrado no para-brisas de um veículo.

Polícia Militar (PM) de Uberaba agiu rapidamente, havendo intensa troca de tiros. O tiroteio durou cerca de 40 minutos.

Uma mulher foi atingida por uma bala perdida e está em estado gravíssimo. Outras duas pessoas ficaram feridas durante a ação e foram encaminhadas ao Hospital das Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (HC-UFTM). A informação foi retificada pela PM.

A polícia continua com rastreamentos para localizar os restantes da quadrilha.

Criminosos foram presos após negociação (Foto: PMMG/Divulgação)

Parte de quadrilha de assaltantes é presa em Uberaba

Recém-nascido é transportado na aeronave do SAMU até UTI Neonatal em Patrocínio