Autocuidado — O que é e por que devemos nos preocupar

O autocuidado inclui ações que proporcionem saúde física e mental

Diante de uma rotina intensa, onde precisamos trabalhar, estudar, cuidar do lar, dos filhos e desempenhar outras inúmeras atividades, muitas vezes acabamos nos esquecemos de algo essencial: cuidar de nós mesmos.

Autocuidado significa cuidar de si mesmo e esse cuidado inclui ações que favoreçam tanto a nossa saúde física quanto a nossa saúde mental.

Em meio a tantos problemas, cobranças e a correria do dia dia costumamos não dar muita importância à aquilo que estamos sentindo e a forma como estamos lidando com o que acontece em nossas vidas. Assim, por vezes reprimimos nossos sentimentos e nos deixamos de lado. Às vezes nos esquecemos tanto do nosso corpo que ele precisa nos fazer sofrer para que cuidemos dele. Por isso é preciso reconhecer nossos limites e estar aberto a mudanças que nos gerem bem estar.

Muitas pessoas tendem a confundir autocuidado com egoísmo, entretanto, trata-se de uma interpretação errada a respeito do autocuidado que na verdade é um ato de bondade consigo mesmo.

Cuidar do que está a nossa volta, dos nossos familiares e amigos é muito bom e satisfatório, porém não devemos negligenciar o cuidado conosco, afinal não adianta cuidar dos outros e não cuidar da pessoa mais importe: você.

Para entendermos melhor podemos fazer a analogia da máscara de oxigênio onde, quando estamos viajando de avião, somos orientados, em caso de emergência, a colocarmos a máscara de oxigênio primeiramente em nós para depois colocarmos em outra pessoa. Ou seja, precisamos cuidar primeiro de nós para então termos a capacidade de cuidar do outro. Por isso, esteja mais presente a si mesmo, ao seu corpo, suas emoções e necessidades.

Quando foi a última vez que você se perguntou como está se sentindo? Qual foi a última vez em que você foi bondoso(a) consigo mesmo(a)? O que você tem feito para cuidar da sua saúde física e mental?

Refletir sobre o que sentimos e como estamos lidando com isso deve ser um hábito como qualquer outro em nossas vidas, afinal, estar bem emocionalmente é primordial é faz toda diferença. Além disso, dedicar parte do seu tempo para tratar-se com mais amor e carinho é um investimento extremamente benéfico para sua qualidade de vida.

Cuide do seu bem mais precioso: cuide de você!

Daniela Lourenço Miranda Cortes — Psicóloga


A posicionamento de colunistas não representa, necessariamente, a opinião do jornal Tudo Em Dia.

Jornalista Paulo Henrique Amorim morre aos 77 anos

Bernaldo Evaristo Cabral

Aposentados por invalidez podem pedir isenção de IPTU em Capinópolis