1ª Edição da Feira Gastronômica é realizada em Canápolis

A Feira Gastronômica de Canápolis é mais uma ação de fortalecimento do município como polo mantenedor e valorizador da cultura regional

1ª Feira Gastronômica teve entrada franca (Foto: Divulgação)
1ª Feira Gastronômica teve entrada franca (Foto: Divulgação)

A 1ª Edição da Feira Gastronômica e Cultural de Canápolis foi realizada na última sexta-feira (2). A feira foi a primeira das cinco ações da 7ª Jornada do Patrimônio de Minas Gerais / Edição 2019. 

Com o tema “Culinária e Patrimônio”, a jornada tem o objetivo de promover ações que tratem dos modos de preparo das receitas, dos lugares e práticas ligadas à alimentação, as particularidades de cada região e seu patrimônio gastronômico.

A equipe do Setor de Patrimônio da Casa de Cultura preparou — em conjunto com os alunos do 3º ano A e B do Ensino Médio da Escola Estadual São Francisco de Assis—, um ambiente familiar e atrativo para as famílias. A Feira Gastronômica teve entrada franca e os visitantes degustaram pratos que fazem parte da culinária canapolina como: Feijoada com arroz e couve, macarrão, torresmo, salgados fritos, pastel, doces, caldos e espetinhos de carnes variadas.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Além do espaço de alimentação, foi montado também um espaço com fogão à lenha, panelas de ferro e colheres de pau. O fogão à lenha representa para muitas pessoas uma nostalgia da infância, traz as raízes do passado e também uma conexão familiar, como é o caso da Dona Clotilde de 92 anos, que ficou encantada com o espaço do patrimônio e com o mural mostrando fotografias do modo de fazer a tradicional Pamonhada do Zé Dias. Desde a coleta do milho até as pamonhas prontas.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Para atrair as pessoas para a  Feira Gastronômica de Canápolis: Patrimônio Cultural, contamos também com a parceria dos artistas locais, que abrilhantaram a festa com forró, música dos anos 90 e a tradicional moda sertaneja. Várias pessoas, procuraram os funcionários do Departamento de Cultura com sugestões e certamente, a Feira Gastronômica tende a se tornar a partir de agora, uma tradição em nossa cidade.

Todos os eventos promovidos pelo Departamento de Cultura / Casa de Cultura,  conta com a presença dos personagens “Patrimoninho & Culturinha” – Embaixadores Mirins da Cultura de Canápolis. Os personagens, visitaram todos os espaços e   encantaram os adultos e as crianças com sua música e coreografia. 

‘Patrimoninho’ e ‘Culturinha’ (Foto: Divulgação)
‘Patrimoninho’ e ‘Culturinha’ (Foto: Divulgação)

Segunda etapa

A segunda etapa da ação  Feira Gastronômica de Canápolis: Patrimônio Cultural, será na sala de aula com uma Palestra sobre Patrimônio Cultural, e uma Roda de Conversa com os alunos do 3º A e 3º B – Ensino Médio, sobre as funções da comida, que vão muito além de uma simples alimentação, e a Gastronomia como um dos pontos que definem a nossa identidade. E a necessidade de proteger esse patrimônio. Em termos técnicos, o patrimônio que contempla o saber e o fazer relacionados à comida é denominado “imaterial”. A expressão, a rigor, não é nenhuma novidade. Ela consta no texto da Constituição Federal aprovado em 1988. Seu Artigo n. º 216 estabelece: “Patrimônio cultural constitui-se dos bens de natureza material e imaterial, tombados individualmente ou em conjunto, portadores de referência à identidade, à ação, à memória dos diferentes grupos formadores da sociedade brasileira”.

Alessandra Pidruca ao lado de ‘Culturinha e Patrimoninho’ (Foto: Divulgação)

“Com mais essa iniciativa, Canápolis – MG., vai se consolidando como um polo mantenedor e valorizador da cultura regional em seus vários aspectos, o que reforça a identidade de sua gente e, em grau maior, coloca para as futuras gerações o vigor das tradições, gostos, variedades e características de seu patrimônio, tanto material como imaterial. Isso nos enche de orgulho e retrata o apreço à identidade e às raízes regionais em que estamos inseridos”, pontuou a professora coordenadora da Casa de Cultura de CanápolisAlessandra Pidruca.

Fotos:

Polícia Ambiental resgata filhotinho de porco-do-mato em Capinópolis

Mulher inconformada com fim de relacionamento, quebra tudo em Patos de Minas