Mart Minas de Ituiutaba emite nota sobre supostos assassinatos de gatos

A denúncia sobre o suposto ‘controle de pragas’ tomou conta das redes sociais e causou revolta em internautas e consumidores do Mart Minas

(Reprodução/Redes sociais)
(Reprodução/Redes sociais)

Um hipermercado instalado em Ituiutaba está sendo alvo de graves denúncias de crime ambiental. De acordo com informações difundidas na redes sociais, funcionário do Mart Minas estariam assassinando gatos dentro das instalações da loja e também nas imediações.

As denúncias e fotos ‘viralizaram’ na noite desta terça-feira (13) e causou revolta em internautas e consumidores do hipermercado. Funcionários aparecem comemorando a morte de um dos animais e é possível visualizar um gato imóvel dentro de uma caixa — possivelmente, morto.

A Polícia Militar de Meio Ambiente de Ituiutaba esteve no local e iniciou alguns levantamentos sobre o caso. A Polícia Civil está investigando o caso e deve colher depoimentos de suspeitos da ação criminosa.

No Facebook, o Mart Minas se pronunciou:

“Olá, gostaríamos de esclarecer que o nosso departamento jurídico já está apurando essa denúncia e que medidas cabíveis serão tomadas imediatamente se confirmadas as alegações. O Mart Minas reitera que esse tipo de atitude não condiz com nossos valores e princípios, e que abominamos ações como essa, se de fato comprovadas. Somos uma empresa que preza pelo respeito a todos os seres vivos, sendo que a proteção aos animais que frequentam nossas unidades é regra permanente da empresa. Esclarecemos que após toda apuração do fato todas as medidas cabíveis serão tomadas para a responsabilização dos responsáveis. Agradecemos a contribuição de todos e reafirmamos o compromisso de prestar esclarecimentos a todos os cidadãos do que ficar evidenciado após as apurações.”

O Mart Minas em Ituiutaba recebe consumidores de toda a região do Pontal do Triângulo Mineiro. O poder de compra o atacado proporciona valores reduzidos na venda aos consumidores.

13,2 milhões de brasileiros sobrevivem com menos de R$90 mensais

Bombeiros atendem motociclista acidentado na BR-365