Uberlândia tem nove casos confirmados de sarampo

Nove casos de sarampo foram confirmados em Uberlândia nas últimas semanas, segundo o Boletim Epidemiológico divulgado nesta quinta-feira (5) pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG). Veja abaixo a situação de Uberaba e estadual.

Uberlândia

De acordo com a SES-MG, estes casos em Uberlândia foram confirmados pelo critério clínico-epidemiológico, isto é, apresentaram sinais e sintomas característicos da doença e têm histórico de contato direto com o caso de sarampo confirmado.

A pasta também informou que todos os doentes fizeram exames laboratoriais preconizados pelo Ministério da Saúde, porém, os exames ainda não foram finalizados e continuam em processo de investigação laboratorial na Fundação Ezequiel Dias (Funed).

“O caso índice desta cadeia, ou seja, quem transmitiu a doença, é um trabalhador que realiza a manutenção de equipamentos de laboratório junto a estabelecimentos de saúde do Triângulo Mineiro e Sul de Minas, proveniente da cidade de Araras (SP) que foi confirmado laboratorialmente por RT-PCR realizado no Instituto Adolf Luz (SP)”, informou a SES-MG.

G1 entrou em contato com a Prefeitura de Uberlândia para mais informações sobre os casos e medidas adotadas e aguarda retorno.

Onde se vacinar em Uberlândia

As doses da vacina contra Tríplice Viral (que imuniza contra caxumba, rubéola e sarampo) estão disponíveis nas salas de vacinação da cidade, que ficam nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e em seis Unidades de Atendimento Integrado (UAIs).

As salas de vacina das UBS funcionam das 7h30 às 18h, enquanto nas Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF) o horário vai das 7h30 às 16h30. Nas Unidades de Atendimento Integrado (UAI), a vacinação ocorre das 8h às 20h.

Uberaba

Em Uberaba, nenhum caso suspeito foi notificado pela Secretaria Estadual de Saúde. Na cidade o destaque é a procura da vacina. Segundo divulgado pelo G1 na última semana, a procura pela imunização contra o sarampo aumentou cerca de 25% de julho para agosto.

Conforme dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), até o dia 28 de agosto foram aplicadas 1.551 doses da vacina Tríplice Viral no município; em julho foram 1.239 doses.

Dessas imunizações realizadas em agosto, 191 doses são da “dose zero”, voltada para as crianças de 6 meses a menores de 1 ano; outras 252 foram da primeira dose para a faixa etária de 12 meses; enquanto 246 crianças receberam a segunda dose, referente à faixa etária de 15 meses, conforme o calendário vacinal.

As 862 doses restantes foram aplicadas em pessoas que buscaram atualizar a caderneta de vacinação ou que vão viajar para áreas endêmicas do sarampo.

G1 Triângulo

CRV Industrial disponibiliza novas vagas e receberá currículos

Atleta de Capinópolis se destaca no futsal em Goiás