‘Fundação Salvar’ é criada pelo corpo de Bombeiros

Foto:  CBMMG /Divulgação
Foto: CBMMG /Divulgação

Na última semana de agosto, em reunião do Alto-Comando do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG), o Conselho Curador da Fundação SALVAR, composto por todos os coronéis da ativa, recebeu das mãos da Promotora de Justiça de Defesa da Tutela das Fundações, Dra. Valma Leite da Cunha, o documento de posse da entidade.

No encontro, a Promotora ressaltou a importância da criação da Fundação SALVAR para o aprimoramento e melhoria dos serviços prestados pelo CBMMG. Foi deliberado também sobre os Conselhos Fiscal e Executivo da entidade.

Criada pelo Corpo de Bombeiros após um longo período de estudos e implementação, a SALVAR foi construída a partir de um plano de ação criteriosamente elaborado com base no projeto estratégico que integra o Plano de Comando do CBMMG.

A Fundação tem o objetivo de promover o desenvolvimento dos trabalhos da Corporação, por meio de projetos sociais e de apoio à tropa, objetivando sempre um melhor atendimento à população mineira.

O que é a Fundação SALVAR?

Trata-se de uma organização de direito privado, sem fins lucrativos, velada pelo Ministério Público, como assim determina o Código Civil Brasileiro, que tem por finalidade apoiar o CBMMG no desenvolvimento de tecnologias alternativas, modernização de técnicas de gestão, fomentar a pesquisa e iniciação científica, dentre outras atribuições, com o objetivo principal de proporcionar à população mineira um serviço de proteção pública de qualidade e efetividade.

No final de 2018, bombeiros militares se reuniram e criaram a Associação SALVAR, destinada principalmente a alavancar recursos dos próprios associados para compor o patrimônio inicial necessário para se criar uma fundação de apoio ao Corpo de Bombeiros.

Após arrecadar parte dos recursos, foi entregue ao Ministério Público o Estudo de Viabilidade, documento necessário para a criação de uma fundação, que demonstra a sustentabilidade econômico-financeira. Durante vários dias, foram discutidos e apresentados à Promotoria de Defesa da Tutela das Fundações os objetivos da fundação, sua dotação orçamentária, cronograma de atividades e minuta do estatuto, bem como iniciados os trabalhos de registro da Fundação em cartório.

O lançamento oficial da Fundação SALVAR está previsto para o dia 17 de setembro, durante o Seminário Planejamento Estratégico, no Auditório JK, em Belo Horizonte.

Foto:  CBMMG /Divulgação
Foto: CBMMG /Divulgação
Foto:  CBMMG /Divulgação
Foto: CBMMG /Divulgação

Suspeito é preso na rodovia MG-190 com cocaína

Realizada palestra sobre as novas normas eleitorais para 2020