2ª Edição do ‘Café Poético’ reforça cultura em Capinópolis

O ‘Café Poético’ é uma idealização da Escola Estadual Sérgio de Freitas Pacheco e tem o objetivo de promover a cultura artística e culinária aos alunos

A segunda edição do projeto Cultural ‘Café Poético’ foi realizada em Capinópolis, no Triângulo Mineiro, na manhã desta quarta-feira (09) de outubro.

O ‘Café Poético’ — idealizado e promovido pela Escola Estadual Sérgio de Freitas Pacheco— levou cultura, arte, entretenimento e deliciosos pratos da cultura mineira ao público presente.

O evento foi organizado com riqueza de detalhes e muito capricho, tudo pensado para maximizar a experiência dos alunos em relação à cultura.

Os alunos do 3º ano atuaram, recitaram, dançaram e cantaram as mais diversas faces da cultura brasileira e também dos contos de fada.

Autores de grande expressão artística tiveram suas poesias declamadas e cantores que marcaram a MPB, foram relembrados.

O ‘Café Poético’ aproximou o público presente da cultura artística e da culinária. Enquanto assistiam às apresentações, os espectadores provavam os mais diversos sabores.

O evento foi realizado no Capinópolis Clube e contou com a presença de personalidades ligadas à cultura. A secretária de Educação e Cultura de Capinópolis, Iracilda Duarte; a superintendente Regional de Ensino, Silvana Ramalho, o vice-prefeito de Capinópolis e professores que não estão mais na ativa, prestigiaram a segunda edição do evento.

A professora Rosângela Silva, uma das idealizadoras do evento, falou à reportagem do Tudo Em Dia.

“Nós procuramos, junto com eles, o que nós iríamos trazer, de maneira que a gente trouxesse um pouquinho de cada região, um pouquinho de cada cultura. É como se fosse um alento, porque nós temos tão poucas oportunidades de colocar as pessoas em contato com a cultura diversificada. Às vezes a gente fala muito, mas as ações são poucas, então, nosso objetivo era agir e colocar o aluno de fronte à isso e vivenciando esse momento. Foi muito válido para nós, para toda escola e para todos que estiveram presente”, disse a professora. 

A vice-diretora Juliene Francisca ressaltou a importância da cultura na formação dos alunos. “É um evento bonito, que traz emoção, uma qualidade textual muito grande. E a gente, hoje, só contemplou o quanto os alunos devem ser desafiados para que possam ter um bom resultado. Os alunos foram um sucesso.”

A diretora Roselena Alves, frisou os esforços da escola para promover a cultura junto aos alunos. “Eu acredito que nós deveríamos fazer esse tipo de evento desde o 5° ano. É um evento que é difícil de ser organizado. Os nossos adolescentes, muitos, não conhecem um teatro, não sabe o que é uma encenação. A nossa Capinópolis precisa investir nessa cultura, nesse universo da literatura (…) nós temos que investir, não é fácil, mas nós precisamos”.

Fotos:

Motorista é preso em Goiás com caminhão roubado e 30 toneladas de carne

Câmara Municipal de Capinópolis tem agenda oficial em Brasília