Homem é preso em Uberlândia com quase R$30 mil e documento falso

O suspeito afirmou que os quase R$ 30 mil em uma sacola eram seus, no entanto, não forneceu a origem do dinheiro e acabou preso

Homem alegou que os quase R$ 30 mil em uma sacola eram seus, no entanto, não forneceu a origem do dinheiro (Foto: PRF/Divulgação)
Homem alegou que os quase R$ 30 mil em uma sacola eram seus, no entanto, não forneceu a origem do dinheiro (Foto: PRF/Divulgação)

Um homem de 45 anos foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Uberlândia, na noite da última terça-feira (23) de outubro. O suspeito foi abordado por volta das 19h30 nas proximidades do km 85 da BR-050.

Segundo a PRF, os policiais faziam patrulhamento de rotina, quando abordaram uma Toyota/Hilux sw4, cor prata, com placas de Belo Horizonte, Minas Gerais. O motorista alegou morar na capital paulista, São Paulo. O passageiro entregou aos policiais um documento de identidade expedido em MG há menos de um mês, informando morar em Belo Horizonte.

Durante a fiscalização, os ocupantes do veículo deram informações contraditórias sobre a viagem, o que gerou desconfiança por parte dos policiais. O passageiro, após ser indagado sobre seus dados pessoais, demonstrou muito nervosismo, não sabendo informar alguns dados, aumentando a suspeição da equipe.

No veículo, foi encontrado, escondido embaixo do banco do passageiro, uma sacola contendo R$ 29.650,00 em espécie. Ao ser questionado sobre o dinheiro, o passageiro afirmou que era seu, mas recusou-se a informar a origem e o motivo de portar essa quantia.

Dinheiro pode ter origem criminosa (Foto: PRF/Divulgação)
Dinheiro pode ter origem criminosa (Foto: PRF/Divulgação)

Após consultas mais detalhadas aos sistemas policiais sobre o passageiro, a equipe suspeitou tratar-se de R.F.S, 45 anos, com identidade registrada no Estado do Mato Grosso.

Em contato com a polícia federal do Estado do Mato Grosso, foi identificado um registro de prisão por tentativa de furto a uma agência da Caixa Econômica Federal daquele estado e outro registro por tráfico de entorpecentes. Foi constatado, ainda, a existência de um mandado de prisão em aberto em seu desfavor.

Em virtude de suspeita do cometimento dos crimes de uso de documento falso e lavagem de dinheiro, o suspeito foi encaminhado juntamente com o dinheiro e documento de identidade apresentado para a sede da delegacia de polícia federal em Uberlândia para providências cabíveis.

o passageiro e veículo foram também encaminhados apenas para prestar esclarecimentos.

Acidente próximo ao Município de Arcos deixa dois mortos

Jovem fica ferido em acidente na MGC-154 e PMR encontra revólver e munições