Praça João Moreira de Souza recebeu nova iluminação para garantir mais segurança e beleza ao cartão postal de Capinópolis (Foto: Paulo Braga)
Praça João Moreira de Souza recebeu nova iluminação para garantir mais segurança e beleza ao cartão postal de Capinópolis (Foto: Paulo Braga)

A praça João Moreira de Souza (JMS), o mais belo cartão postal de Capinópolis, no Triângulo Mineiro, acaba de receber nova iluminação e manutenção. A cerimônia de inauguração foi realizada nesta quinta-feira (24) de outubro.

Assista:

Ao todo, foram instaladas noventa luminárias de alta potência, deixando o local mais seguro e convidativo. A praça também recebeu novo gramado e manutenção.

A fonte luminosa voltou a funcionar, revivendo os tempos áureos. O local era frequentado por casais enamorados e a famosa ‘música da gaivota’ — executada no sistema de som da praça— encerrava a noite de paquera.

Fonte luminosa (Imagens: Paulo Braga / Gabriel Kazuto — Tudo Em Dia)
Fonte luminosa (Imagens: Paulo Braga / Gabriel Kazuto — Tudo Em Dia)

Ainda sob muita escuridão, o público presente ouviu o vice-presidente da Câmara Municipal de Capinópolis, Caetano Neto da Luz, a secretária de Educação e Cultura, Iracilda Duarte e o prefeito Cleidimar Zanotto.

CCAA Capinópolis

Os integrantes do Conselho de Patrimônio Histórico estiveram presentes, juntamente com os vereadores Gilvan Gama, Suely Pricinoti e João Makhoul.

O prefeito da cidade proferiu algumas palavras de agradecimento e solicitou que as luzes fossem ligadas. Para muitos, a qualidade da iluminação foi surpreendente.

(Imagens: Paulo Braga / Gabriel Kazuto — Tudo Em Dia)
(Imagens: Paulo Braga / Gabriel Kazuto — Tudo Em Dia)

Presença frequente na praça, a Banda de Música Santa Cecília levou a boa música ao público presente. A Escola de Música Vicente de Paula Fontoura levou a arte por meio de uma apresentação com alunas do curso de dança.

Em entrevista ao Tudo Em Dia, Cleidimar Zanotto relembrou o tempo que era criança e brincava na praça. O prefeito salientou a emoção de revitalizar o cartão postal de Capinópolis.

Cerca de R$ 170 mil foram investidos na iluminação e reforma da praça JMS. Os recursos foram oriundos da taxa de iluminação pública que cada contribuinte paga na conta de energia elétrica e também por meio do fundo de ICMS cultural, gerido pelo Conselho de Patrimônio.

Marina Braga, historiadora e integrante do Conselho de Patrimônio Histórico e Cultural, pontuou à reportagem a importância da preservação da cultura e dos bens tombados. Marina Braga ainda convidou a todos os capinopolenses para cuidar da praça e preservá-la à gerações futuras.

A presidente do Conselho, Júlia Alvarenga, ressaltou sua alegria. “Estou muito feliz por finalmente ver a nossa praça recebendo o carinho que merece”, disse a presidente do Conselho, Júlia Alvarenga.

Muita história para contar

Na década de 60, quando foi inaugurada, a praça chegou a ter o nome provisório de “Praça Municipal”, mas acabou sendo batizada de “Praça XV de Junho”, em comemoração ao aniversário de Capinópolis. Posteriormente, após a morte do sr. João Moreira de Souza, em um acidente automobilístico, a praça foi rebatizada. João Moreira de Souza havia doado o terreno para construção da praça.

Construída no mandato do prefeito João Batista Ferreira, a Praça JMS já figurou em várias reportagens do Tudo Em Dia. Recentemente, a filha do ex-prefeito João Batista, Maria Helena Felippe, ganhou um episódio especial sobre parte de sua vida no quadro “Minha História Em Dia”. A praça foi usada na abertura da matéria. Veja abaixo.

Em 2018, o sr. Luiz Humberto Alvarenga, um dos maiores comunicadores de Capinópolis, também foi homenageado pelo Tudo Em Dia. A praça, mais uma vez, teve um trecho de sua história contada. Reveja:

Tempos de trevas

O Tudo Em Dia já havia denunciado a situação de risco na praça por duas vezes. Em março de 2017, a reportagem esteve na praça juntamente com o vereador Daniel França. A publicação do jornal repercutiu os atos de vandalismo e descaso extremo que o cartão postal vinha sofrendo. A má iluminação do local aumentava os perigos durante a noite – usuários de drogas e prostituição eram comuns. Mesmo durante o dia, era possível avistar jovens, muitos ainda menores de idade, fazendo uso de entorpecentes.

Na ocasião, uma das frases mais marcantes da reportagem destacava — “A Praça João Moreira de Souza é um patrimônio que deve ser retirado das trevas e devolvido à família capinopolense”. Na noite desta quinta-feira, isso foi concretizado.

Daniel França (SD) apresentou indicação para que o Poder Executivo aprimore a iluminação no local
Daniel França (SD) apresentou indicação para que o Poder Executivo aprimore a iluminação no local

Em março deste de 2019, o vereador Caetano Neto da Luz cedeu entrevista a equipe do jornal e lamentou a situação ao qual se encontrava a praça. Reveja:

Fotos do dia da inauguração da nova iluminação