Praça central de Capinópolis recebe nova iluminação

Praça central recebeu nova iluminação para garantir mais segurança ao cartão postal de Capinópolis

Praça João Moreira de Souza recebeu nova iluminação para garantir mais segurança e beleza ao cartão postal de Capinópolis (Foto: Paulo Braga)
Praça João Moreira de Souza recebeu nova iluminação para garantir mais segurança e beleza ao cartão postal de Capinópolis (Foto: Paulo Braga)

A praça João Moreira de Souza (JMS), o mais belo cartão postal de Capinópolis, no Triângulo Mineiro, acaba de receber nova iluminação e manutenção. A cerimônia de inauguração foi realizada nesta quinta-feira (24) de outubro.

Assista:

Ao todo, foram instaladas noventa luminárias de alta potência, deixando o local mais seguro e convidativo. A praça também recebeu novo gramado e manutenção.

A fonte luminosa voltou a funcionar, revivendo os tempos áureos. O local era frequentado por casais enamorados e a famosa ‘música da gaivota’ — executada no sistema de som da praça— encerrava a noite de paquera.

Fonte luminosa (Imagens: Paulo Braga / Gabriel Kazuto — Tudo Em Dia)
Fonte luminosa (Imagens: Paulo Braga / Gabriel Kazuto — Tudo Em Dia)

Ainda sob muita escuridão, o público presente ouviu o vice-presidente da Câmara Municipal de Capinópolis, Caetano Neto da Luz, a secretária de Educação e Cultura, Iracilda Duarte e o prefeito Cleidimar Zanotto.

Os integrantes do Conselho de Patrimônio Histórico estiveram presentes, juntamente com os vereadores Gilvan Gama, Suely Pricinoti e João Makhoul.

O prefeito da cidade proferiu algumas palavras de agradecimento e solicitou que as luzes fossem ligadas. Para muitos, a qualidade da iluminação foi surpreendente.

(Imagens: Paulo Braga / Gabriel Kazuto — Tudo Em Dia)
(Imagens: Paulo Braga / Gabriel Kazuto — Tudo Em Dia)

Presença frequente na praça, a Banda de Música Santa Cecília levou a boa música ao público presente. A Escola de Música Vicente de Paula Fontoura levou a arte por meio de uma apresentação com alunas do curso de dança.

Em entrevista ao Tudo Em Dia, Cleidimar Zanotto relembrou o tempo que era criança e brincava na praça. O prefeito salientou a emoção de revitalizar o cartão postal de Capinópolis.

Cerca de R$ 170 mil foram investidos na iluminação e reforma da praça JMS. Os recursos foram oriundos da taxa de iluminação pública que cada contribuinte paga na conta de energia elétrica e também por meio do fundo de ICMS cultural, gerido pelo Conselho de Patrimônio.

Marina Braga, historiadora e integrante do Conselho de Patrimônio Histórico e Cultural, pontuou à reportagem a importância da preservação da cultura e dos bens tombados. Marina Braga ainda convidou a todos os capinopolenses para cuidar da praça e preservá-la à gerações futuras.

A presidente do Conselho, Júlia Alvarenga, ressaltou sua alegria. “Estou muito feliz por finalmente ver a nossa praça recebendo o carinho que merece”, disse a presidente do Conselho, Júlia Alvarenga.

Muita história para contar

Na década de 60, quando foi inaugurada, a praça chegou a ter o nome provisório de “Praça Municipal”, mas acabou sendo batizada de “Praça XV de Junho”, em comemoração ao aniversário de Capinópolis. Posteriormente, após a morte do sr. João Moreira de Souza, em um acidente automobilístico, a praça foi rebatizada. João Moreira de Souza havia doado o terreno para construção da praça.

Construída no mandato do prefeito João Batista Ferreira, a Praça JMS já figurou em várias reportagens do Tudo Em Dia. Recentemente, a filha do ex-prefeito João Batista, Maria Helena Felippe, ganhou um episódio especial sobre parte de sua vida no quadro “Minha História Em Dia”. A praça foi usada na abertura da matéria. Veja abaixo.

Em 2018, o sr. Luiz Humberto Alvarenga, um dos maiores comunicadores de Capinópolis, também foi homenageado pelo Tudo Em Dia. A praça, mais uma vez, teve um trecho de sua história contada. Reveja:

Tempos de trevas

O Tudo Em Dia já havia denunciado a situação de risco na praça por duas vezes. Em março de 2017, a reportagem esteve na praça juntamente com o vereador Daniel França. A publicação do jornal repercutiu os atos de vandalismo e descaso extremo que o cartão postal vinha sofrendo. A má iluminação do local aumentava os perigos durante a noite – usuários de drogas e prostituição eram comuns. Mesmo durante o dia, era possível avistar jovens, muitos ainda menores de idade, fazendo uso de entorpecentes.

Na ocasião, uma das frases mais marcantes da reportagem destacava — “A Praça João Moreira de Souza é um patrimônio que deve ser retirado das trevas e devolvido à família capinopolense”. Na noite desta quinta-feira, isso foi concretizado.

Daniel França (SD) apresentou indicação para que o Poder Executivo aprimore a iluminação no local
Daniel França (SD) apresentou indicação para que o Poder Executivo aprimore a iluminação no local

Em março deste de 2019, o vereador Caetano Neto da Luz cedeu entrevista a equipe do jornal e lamentou a situação ao qual se encontrava a praça. Reveja:

Fotos do dia da inauguração da nova iluminação

Professor da Escola Juscelino incentiva alunos com exposição de desenhos

Campanha tampinhas solidárias, tampinhas com amor