Sessão da Câmara de Capinópolis é marcada por críticas à Copasa e homenagens aos servidores

A sessão ordinária foi marcada por homenagens aos servidores públicos pelo seu dia e por duras críticas à Companhia de Saneamento de Minas Gerais

Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Capinópolis foi marcada por homenagens aos servidores públicos pelo seu dia (Foto: Paulo Braga)
Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Capinópolis foi marcada por homenagens aos servidores públicos pelo seu dia (Foto: Paulo Braga)

A sessão ordinária da Câmara Municipal de Capinópolis foi realizada na noite desta segunda-feira (28) e foi marcada pelas homenagens aos servidores públicos.

28 de Outubro, dia do servidor público

28 de Outubro, dia do servidor público

Publicado por Jornal Tudo Em Dia em Segunda-feira, 28 de outubro de 2019

A reunião foi comandada pelo presidente Luciano Belchior (MDB). O presidente tem demonstrado liderança e conduzido os trabalhos legislativos com harmonia.

Outro ponto de destaque é o corte de gastos proporcionados pelo presidente do legislativo. Como exemplo, desde que assumiu a presidência da Câmara, Luciano Belchior cortou o contrato abusivo com agência de publicidade, economizando milhares de Reais. Com a economia, a Câmara está auxiliando financeiramente na implantação do sistema ‘Olho Vivo’ — enviando o recurso ao Poder Executivo.

Felipe Nunes, Ranini Takemoto e Izadora Zanotto — integrantes do projeto ‘Cristo Ativo’, da Paróquia São Pedro e São Paulo—, estiveram presentes na sessão e fizeram menção ao Dia Nacional da Juventude (DNJ). O evento movimentou Capinópolis no último domingo (27).

O vereador Ivo Américo (DEM) não poupou críticas à Companhia de Sanamento de Minas Gerais — Copasa—, que reajustou o valor da cobrança pela água fornecida em Capinópolis, em contrapartida, não efetua os devidos investimentos na cidade. Os buracos perfurados e não tapados pela Copasa também foram enfatizados pelo vereador.

Em seguida, Caetano Neto da Luz (PSDB) relembrou que a Copasa ainda mantém tubulação de amianto em Capinópolis. A inalação ou ingestão de partículas do mineral amianto podem causar doenças com o câncer.

Ainda na noite desta segunda-feira, o representante da unidade local da Copasa foi contactado pelo Tudo Em Dia para comentar as declarações. Devido à normas internas da empresa, o encarregado não se pronunciou.

Assista à sessão

Começando mais uma reunião da Câmara Municipal de Capinópolis. #Capinópolis #CâmaraDeCapinópolis #CâmaraCapim #LegislativoProtagonista #LegislativoForteAtuante

Publicado por Câmara Municipal de Capinópolis em Segunda-feira, 28 de outubro de 2019

Indicações aprovadas

Indicação 155/2019 — Suely Pricinoti— Instalar ar condicionado em todas as salas na Secretaria Municipal de Agricultura, uma vez que são recepcionadas diversas autoridades durante a Expocap e o calor na localidade é intenso. A instalação destes aparelhos de ar condicionado irá proporcionar maior conforto também aos servidores públicos municipais.

Indicação 156/2019 — Ivo José Américo— Denominar de ‘Gely Gomes Gonçalves’ os próximos bairros/loteamentos, ou ainda usar a referida denominação em ruas, avenidas e logradouros públicos, como forma de justa homenagem, à pessoa que tanto contribuiu como desenvolvimento e progresso de Capinópolis, preservando a memória desta cidade.

Indicação 157/2019 —Gilvan Alves Gama— Tombar como patrimônio cultura da cidade de Capinópolis a Associação Folclórica Folia de Reis (Folia de Reis de Capinópolis).

Indicação 158/2019 — Gilvan Alves Gama — Complementar o meio fio localizado na Avenida JK de Oliveira, confluência com a Rua 16, no Alvorada II.

Indicação 159/2019 — Ivo Américo — Reparar o mata-burro existente na Fazenda Queixada, sentido barro Preto.

Indicação 160/2019— Ivo Américo— Disponibilizar técnica de enfermagem para acompanhar os pacientes que fazem uso de ventilação mecânica em ambulância e adaptar as outras que já existem para que possa ser utilizada ventilação mecânica, treinando os profissionais para os cuidados com estes pacientes.

Requerimento 28/2019 — Seja abonada sua ausência na reunião ordinária do dia 21 de outubro, uma vez que se encontrava impossibilitado de comparecer, conforme atestado médico anexo.

Homem é autuado em mais de R$16 mil por abate de animais silvestres em União de Minas

(Esq) Supervisora Eunice Mendes, Victor Gabriel, Professora Eliandra e a diretora Sâmia Balduíno (Foto: Divulgação)

Aluno do Higino Guerra fica em 1º lugar em avaliação do Colégio Nacional