Criança de 5 anos é morta a facadas ao ir à escola em Betim

(Foto: Reprodução/Redes sociais)

Um homem foi preso na manhã desta quarta-feira (30) depois de atacar a facadas uma menina de 5 anos e a mulher que a levava para a escola. A criança não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O caso aconteceu na porta de uma escola particular no bairro Vila Cristina, em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte

Brenda Souza de Andrade, 23 anos, era cuidadora de Yeda Peres, a garotinha assassinada e, no momento do crime, levava a criança e seu irmão também pequeno para a escola.

Em entrevista a uma rádio da capital mineira, a Super Notícia, a cuidadora deu detalhes do crime. “Eu arrumei ela e o irmão para vir para escola. Quando atravessei a esquina (da rua Perdões), ela caiu. Eu olhei para o lado, perguntei ‘por que você caiu?’, e o irmão dela começou a gritar chorando. Eu olhei para trás e vi o homem com a faca, branco, que nem de açougue. Eu peguei ela, segurei ela no chão, parece que ele só queria ela. Ele só dava facada e risada, facada e risada”. 

Populares contam que o ataque teria acontecido depois de o suspeito ter passado por um surto psiquiátrico. Pessoas que passavam pela rua teriam tentado agredir o suspeito, até a chegada da Polícia Militar. Ainda não há informações sobre o estado de saúde da mulher atingida. 

Na escola particular, as aulas não foram alteradas. A menina morava nas proximidades do endereço, mas não era aluna da instituição. 


(Esq) Supervisora Eunice Mendes, Victor Gabriel, Professora Eliandra e a diretora Sâmia Balduíno (Foto: Divulgação)

Aluno do Higino Guerra fica em 1º lugar em avaliação do Colégio Nacional

Papai Noel chegará ao Center Shopping de Uberlândia no dia 8 de novembro