Festival ‘Canto da Terra’ retorna com grandes talentos em Capinópolis

Após quatro anos sem a realização do festival, a 12ª edição do ‘Canto da Terra’ revelou talentos ainda desconhecidos no cenário local

Um show de talentos tomou conta do palco do ‘Canto da Terra’ no último final de semana. Nem a chuva fina esfriou a empolgação dos artistas capinopolenses que participavam das eliminatórias do festival no sábado (09) de novembro. No domingo (10), a grande final reuniu os amantes da boa música na Avenida 109, nas proximidades da Praça João Moreira de Souza.

A Música Popular Brasileira e as canções religiosas tiveram grande destaque nesta edição do evento.

O festival é promovido pela Escola Municipal de Música Vicente de Paula Fontoura, e tem o objetivo de revelar os talentos jovens à toda região. 

Participaram na categorias ‘A’ – artistas de até 10 anos de idade; ‘B’ – 11 anos à 14 anos e ‘C’ – acima de 15 anos.

O prefeito Cleidimar Zanotto e os vereadores da Câmara Municipal de Capinópolis, Edward Sales, João Makhoul e Daniel França prestigiaram o festival.

Antes da premiação, o agito ficou por conta de Danilo Kachorrão e Nicole Bonifácio.

Veja como ficou o resultado final da 12ª edição do ‘Canto da Terra’.

Categoria A

1º Lugar: Maria Vitória de Souza Soares – 154 (pontos);

2º Lugar: Aline Gabriela de Souza Soares – 149 (pontos);

3º Lugar: Gracilleia Rodrigues de Jesus – 139 (pontos).

Categoria B

1º Lugar: Bianca Arcelino da Silva – 182 (pontos);


2º Lugar: Amanda Gabrielle Martins Souza – 172 (pontos);

3º Lugar: Ester Akatsuka Tano – 157 (pontos).

Categoria C

1º Lugar: Uelington Vieira – 191 (pontos);

2º Lugar: Tiago Domiciano da Silva – 178 (pontos);

3º Lugar: Estela Almeida Oliveira – 176 (pontos).

Os vencedores de cada categoria falaram à reportagem do Tudo Em Dia.

Segundo Uelington Vieira, o amor pela arte o fez participar do concurso. “Eu não foi ali simplesmente por dinheiro, a gente vai pela arte. A música é minha vida”.

A pequena Maria Vitória ficou emocionada ao falar do próprio sonho de ser cantora. “É muito gratificante ficar em primeiro lugar … eu fico até emocionada de falar, por que, às vezes a gente tem muita vergonha … para mim, é uma coisa muito feliz”.

Bianca Arcelino ressaltou que a escolha da música é importante e tem que expressar como o interprete vive. “Foram muitos ensaios … fiquei um pouco apreensiva, nervosa, mas foi muito bom ter ganhado em primeiro lugar. Eu sou cristã e você deve escolher uma música de acordo com aquilo que você vive”.

A diretora da Escola de Música Vicente de Paula Fontoura, Lisiane Monteiro, pontuou a satisfação com o retorno do festival e com a qualidade dos apresentações.

“Um evento que enfatiza e valoriza a cultura em nossa cidade. Em sua 12ª edição, traz novos talentos ao público. Nossas crianças, adolescentes, jovens e adultos se apresentam e encantam através da música. Este evento foi idealizado pela professora Mirzimary Paulino da Silva Almeida com o objetivo de descobrir novos talentos, levar música de qualidade aos ouvintes, levar a Escola de Música para fora do espaço físico. Acredito que além de todos estes quesitos, este evento fala da confiança, autoestima, superação e persistência. Muitos que iniciam seu processo no concurso chegam tímidos e com o passar das fases vão adquirindo autonomia, confiança. Em cada eliminatória é possível notar o crescimento de cada um. Tudo isso contribui para a formação do ser humano”, destacou a diretora Lisiane.

A Secretária de Educação e Cultura, Iracilda Duarte, ressaltou a alegria com o retorno do festival musical.

“Este é o décimo segundo ‘Canto da Terra’ e eu sou privilegiada, participei dos doze enquanto diretora, vice-diretora e secretária. É um evento que me emociona, é um evento que eu ‘brigo’ por ele”, disse a secretária Iracilda Duarte.

Fotos do evento

Alunas se emocionam ao vencer concurso de dança da Escola Juscelino

Bolsonaro extingue DPVAT, o seguro obrigatório para veículos