Alunos do EJA realizam atividade prática e mostram o valor da alfabetização

Alunos do EJA durante atividade prática (Foto: Divulgação)
Alunos do EJA durante atividade prática (Foto: Divulgação)

Os alunos do programa de Educação de jovens e adultos (EJA), em Capinópolis, vem mostrando o valor da alfabetização e da busca de novos conhecimentos. O programa é destinado a jovens e adultos que buscam o ensino fundamental e médio.

O papel do professor na educação destes alunos é de construir o conhecimento, por meio das percepções e compreensões de seus cotidianos, trazendo praticidade e dinamismo às aulas.

Sob orientação da professora Rozilda Maria, conhecida como Roze Mary, os alunos demonstraram seus conhecimentos práticos e fabricaram sabão de vinagre. A aula prática foi realizada no final de outubro, na Escola Estadual Governador Juscelino.

De forma conjunta, os alunos reuniram a matéria prima e fizeram a festa ao ver o resultado da aula. O senhor José Inocêncio mostrou o resultado da receita. Assista:

“Esse trabalho teve como objetivo, mostrar a importância que o homem tem em estar alfabetizado, atualizado e por dentro das atuais exigências que a mundo tem. Fortalecer e promover ações relacionadas à conscientização ambiental e educação em saúde, melhorando assim, a qualidade de vida da
população. (…) Pessoas alegam que não sabem o que fazer com o óleo usado e ele acaba no ralo da pia, no esgoto e nos rios, sufocando peixes, acabando com o equilíbrio que mantém vivo os rios. Um litro de óleo pode poluir até um milhão de litros de água”, disse a professora Roze, demonstrando a importância da conscientização da reutilização de materiais.

Atualmente, o curso conta com uma turma de 28 anos, composto por jovens e adultos. É uma turma é multisseriada, compreendendo do 1° ao 5° ano.

Alguns dos alunos já estão alfabetizados por meio do programa EJA.

“A educação de Jovens e Adultos EJA demonstra, não só na teoria, mas também na prática que é possível mudar os rumos sociais do nosso pais através da educação, alfabetização, proporcionando aos jovens e adultos a alfabetização consciente, sendo esta, a formação para transformação em seu exercício social”, finalizou a professora Roze.

Começa o Campeonato Municipal de Futebol em Capinópolis

Ilda, Marilda, Jacilda, Maria Aparecida, Eliene, Maria Simone, Valdirene, Wilite, Iracilda e Maria Genita (Foto: Arquivo pessoal)

Em homenagem aos 83 anos da mãe, filhos se vestem como na infância