Mulher afirma ter sido estuprada por caminhoneiro próximo à Capinópolis

O crime teria acontecido no dia 05 de dezembro, mas a ocorrência só foi registrada no último domingo (8). A vítima teria ficado com vergonha do ocorrido e demorado a procurar a PM

A Polícia Militar (PM) registrou uma ocorrência de estupro no último domingo (8). A vítima é uma mulher de 34 anos, que mora em Cachoeira Dourada de Minas.

Segundo a ocorrência, a mulher voltava de Ituiutaba, no Triângulo Mineiro, e pegou carona com o caminhoneiro em um ponto de ônibus na MGC-154, próximo ao trevo do Clube Beira Rio. Uma cunhada a levou ao local em uma motocicleta.

Um homem, negro, cabelos crespos e lábios volumosos, olhos castanhos ou pretos parou em um caminhão de cor azul, com carroceria de madeira e cedeu carona. O motorista teria solicitado que a mulher batesse a porta com força e abaixasse a trava, já que a mesma estava com problemas.

O crime teria sido consumado na última quinta-feira (05) de dezembro nas cercanias do km 32. O local fica próximo ao morro do Bauzinho — já nas proximidades do Município de Capinópolis.

O motorista teria estacionado o caminhão e ameaçado a mulher com uma faca. A porta do veículo — que estava com problemas, teria sido trancada. A mulher foi obrigada a praticar sexo sem consentimento, caracterizando o estupro.

A mulher desceu do caminhão próximo à morro do ‘Bauzinho’.

A PM deu detalhes sobre o motivo ao qual houve a demora no registro da ocorrência por parte da vítima. A vítima teria ficado com vergonha do ocorrido.

A polícia orientou a vítima a procurar o serviço público de profilaxia — setor da medicina que busca medidas preventivas para a saúde da população.

Ninguém foi preso até o encerramento desta matéria.

(Foto: Denarc/Divulgação)

DENARC apreende quase duas toneladas de maconha em Nova Ponte

Bandidos roubam mais de R$17 mil de empresa em Uberlândia – mulher é atingida por tiro