PC prende em Poços de Caldas suspeito de extorquir mulher para não divulgar vídeo

Delegado Cleyson Brene durante entrevista coletiva (Foto: PCMG)
Delegado Cleyson Brene durante entrevista coletiva (Foto: PCMG)

Depois de cobrar o valor de R$ 2 mil para não divulgar imagens íntimas envolvendo uma mulher com quem se relacionou, um professor de educação física, de 25 anos, foi preso em flagrante pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), em Poços de Caldas, Sul do estado. O prazo para o pagamento venceria no mesmo dia em que houve a prisão do suspeito pelo crime de extorsão, nessa segunda-feira (16), na academia em que ele trabalha.

Segundo o Delegado Cleyson Brene, no último sábado (14), a vítima, de 26 anos, começou a ser ameaçada a pagar a quantia exigida em troca da preservação de vídeo gravado pelo suspeito quando mantiveram relações sexuais. “No dia seguinte, ela procurou a Delegacia de Plantão. Foi feito o pedido de medida protetiva, mas ela continuou a receber as mensagens”, conta. Inclusive, momentos antes da prisão, o investigado havia feito outro contato com a vítima para intimidá-la.

Durante as conversas, o suspeito teria falado com a mulher que foi contratado pelo ex-companheiro dela para realizar o “serviço” e receberia R$ 1,2 mil. “O investigado estava exigindo um valor maior da vítima, alegando que não entregaria o material para o ex-marido”, conta Brene. Segundo o delegado, o homem confirmou as mensagens, mas argumentou que seria uma brincadeira e desmentiria a conversa ainda ontem. Ele negou, ainda, envolvimento do ex-companheiro e falou que não o conhecia.

O celular do investigado foi apreendido pela PCMG e, conforme adianta Cleyson Brene, os próximos levantamentos visam identificar se há participação do ex-marido ou se o investigado inventou a história. Também será apurado se ele chegou a divulgar as imagens e se há outras eventuais vítimas. “É muito importante que as vítimas procurem a delegacia de polícia. As informações são sigilosas e de fundamental importância para que possamos coibir essa prática criminosa”, ressalta.

Tamanduá é resgatado pelo corpo de bombeiros em Ituiutaba

Filhote de cachorro é resgatado por corpo de bombeiros em Ituiutaba