Mesmo perdendo público, MasterChef continua sendo bom negócio para Band

Reality promove engajamento e audiência: inscrições para próxima temporada estão abertas

Sebastião Nunes da Silva (Foto: Reprodução)

O vereador suplente Sebastião Nunes da Silva (MDB), que assumiria vaga na Câmara Municipal de Uberlândia, foi encontrado morto na manhã desta sexta-feira (27). A informação foi divulgada, inicialmente, pela Tv Vitoriosa, afiliada ao SBT. Segundo o portal da emissora, o suplente se matou por enforcamento, em uma chácara que ele tinha na região de Indianópolis, no Triângulo mineiro.

Sebastião Nunes, também conhecido como Galego, assumiria o lugar de Roger Dantas, que renunciou no último dia 15. Ele já atuou como vereador na cidade em 2013 e 2016.

A Câmara Municipal emitiu nota de pesar, confirmando que Galego era o 1º suplente da coligação MDB-PEN-REDE. Assumirá a cadeira o 2º suplente Ronaldo Tannus, que teve 736 votos em 2016.

“Vereadores e servidores do Poder Legislativo lamentam tal fato e informam que o corpo de Galego foi encontrado pela esposa no início da manhã de hoje, na sala da casa de sua propriedade, em um rancho no município de Romaria e está sendo levado para necropsia no IML de Araguari.

Em seguida ele seguirá para o Cemitério e Crematório Parque dos Buritis em Uberlândia (Av. Segismundo Pereira, 4.505 – Bairro Novo Mundo), onde será velado e sepultado ou cremado (decisão ainda a ser tomada pela família).

Cavalo caiu em fossa e é resgatado pelos Bombeiros em Ituiutaba

Queda de avião deixa vários mortos no Cazaquistão