Criada a ‘Rede de Comércios Protegidos’ em Cachoeira Dourada

A rede de proteção funciona com base em grupos nas redes sociais, câmeras de segurança e ligações entre os próprios comerciantes. A PM dá suporte com patrulhamento preventivo

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Uma ação público-privada visa ampliar a segurança de estabelecimentos comerciais em Cachoeira Dourada, no Triângulo Mineiro. No final de dezembro, foi criada a ‘Rede de Comércios Protegidos’ — uma parceria da Polícia Militar (PM) e comerciantes locais.

A rede de proteção visa o monitoramento pelos próprios integrantes, onde qualquer movimentação suspeita nas proximidades dos comércios são comunicadas.

O monitoramento é realizado por meio de grupos em redes sociais, ligações telefônicas e outros formas previamente combinadas. Em caso de atitudes suspeitas, a rede aciona a PM. A Polícia Militar realiza o patrulhamento do local com rondas motorizadas.

No dia 30 de dezembro, foram entregues as placas da ‘Rede de Comércios Protegidos’ aos comerciantes. O evento foi realizado na Câmara Municipal de Cachoeira Dourada.

Também são promovidas reuniões e visitas aos estabelecimentos comerciais para prestar orientações de segurança. Proporcionando, também, uma aproximação e o aumentando do elo entre a policiais militares e a comunidade.

“A ‘Rede de Comércio Protegidos’ é uma importante ferramenta de prevenção ao crime. A organização das pessoas com o objetivo de coibir a ação dos criminosos garante a segurança através de estratégias simples com o apoio da Polícia Militar. Nas reuniões, o grupo é coordenado no sentido de informar, integrar e se proteger em conjunto. É um trabalho contínuo que com certeza produzirá bons frutos”, pontuou o comandante da PM, Sargento Wesley Bento de Lima.

Câmera de segurança flagra assalto à joalheria em Prata; veja

Dono de pitbull maltratado em Centralina deve responder criminalmente