Polícia investiga circulação de dinheiro falso em Capinópolis

Uma vítima chegou a receber mais de R$1 mil em notas falsas pelos Correios. O Tudo Em Dia destaca algumas formas de identificar o dinheiro falso

A Polícia Federal (PF) de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, investiga a circulação de notas de Real falsas em Capinópolis. A PF conta com suporte da Polícia Militar (PM) de Capinópolis para solucionar o caso.

O caso corre em sigilo e dados de suspeitos não serão publicados inicialmente pelo Tudo Em Dia para não comprometer as investigações.

A Polícia Militar orienta a população a redobrar os cuidados com notas falsas no comércio local.

Em 2019, duas ocorrências foram registradas, no entanto, outros casos podem ter ocorrido e as vítimas não registraram ocorrência. Em 2020, apesar de relatos de circulação de dinheiro falso, não há nenhum registro policial.

Nota falsa em estabelecimento comercial

O Tudo Em Dia teve acesso às duas ocorrências registradas em 2019, onde uma nota falsa de R$100 foi repassada em um ponto comercial no bairro Paraíso. O proprietário do estabelecimento afirmou aos policiais militares que recebeu a nota de um jovem de 19 anos e devolveu R$95 de troco. A vítima só teve conhecimento que se tratava de uma nota falsa ao tentar pagar uma conta.

Notas falsas pelos Correios

A outra ocorrência registrada causou espanto. Em maio do ano passado, uma funcionária de um estabelecimento no centro de Capinópolis recebeu R$1.120,00 em notas falsas de R$10 e R$20 em um envelope. O dinheiro falso chegou via Correios e destinado à ela. O remetente, da região sul do país, está sendo investigado.

Aos policiais que atenderam a ocorrência, a mulher de 27 anos afirmou que não faz ideia das razões de ter recebido tal material e acredita que seja alguém querendo a prejudicar.

Como identificar uma notas falsa?

Destacamos abaixo algumas medidas para auxiliar a identificar uma nota falsa

1. A marca d´água

Ao segurar a nota contra a luz, você observa figuras na área clara e lisa da cédula, em tons claros e escuros. O desenho é como se fosse uma marca d´água.

2. O papel

A cédula original é impressa em um papel com textura mais espessa e áspera do que um papel comum.

3. O relevo

Ao tocar na nota, dá para sentir um relevo em algumas áreas, como na legenda “República Federativa do Brasil” e nos numerais que indicam o valor da cédula.

A pena prevista pelo crime de falsificação de moeda é de reclusão, de 3 a 12 anos, além de pagamento de multa.

Três vereadores presos em Uberlândia devem ser soltos

PMMA apreende 25kg de pescado em rancho em Ipiaçu