Ladrões furtam e torturam psicologicamente idoso em Capinópolis

A dupla de bandidos vem agindo em toda a cidade, se aproveitando da fragilidade de pessoas idosas para cometer furtos

O Tudo Em Dia teve acesso a ocorrência de um caso revoltante em Capinópolis, no Triângulo Mineiro. Um criminoso de 18 anos — já conhecido na cidade por ter participado do assassinato de um casal de idosos — e um menor infrator de 16 anos, furtaram e torturaram psicologicamente um idoso de 68 anos.

Devido a Lei de abuso de autoridade, criada pelos senadores Randolfe Rodrigues, Renan Calheiros — com aditivo de Roberto Requião— e sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro, os nomes dos criminosos não será divulgado.

O idoso reside no Bairro São João e tem dificuldades de locomoção.

Segundo a ocorrência policial, no dia 14 de janeiro, o menor infrator de 16 anos chegou à casa do idoso com outros comparsas por volta das 14h. Os bandidos empurraram o homem e levaram R$40 que estavam no bolso da bermuda que vestia.

O idoso utilizou uma bengala para revidar, no entanto, o infrator de 16 anos chamou o criminoso de 18 anos para auxiliá-lo a agredir o idoso com pedradas. Os bandidos roubaram mais R$150, uma cesta básica e o aparelho celular da vítima. Com dificuldade para andar e sem o telefone celular, o idoso não denunciou o crime à polícia.

No mesmo dia, por volta das 21h, o idoso ouviu passos próximo ao muro de sua casa. Os bandidos retornaram à residência do idoso e o torturaram psicologicamente até as 2h da madrugada do dia 15, gritando que iriam matá-lo. Para alívio do idoso, um vigilante noturno passou pelo local e ele pediu socorro. Os bandidos fugiram e a vítima foi dormir no terminal rodoviário.

Na tarde do dia 15 (quarta-feira), o idoso resolveu voltar para casa. No entanto, os criminosos voltaram por volta das 17h. O menor de 16 anos invadiu a residência e exigiu dinheiro do idoso, ameaçando-o de morte, caso acionasse a Polícia Militar (PM).

No dia 16, o idoso estava na Avenida 101, em frente a unidade mista de saúde. O menor de 16 anos o abordou novamente em busca de dinheiro. Por volta das 20h, o idoso retornou à residência e encontrou o portão e uma janela arrombados. Os bandidos levaram panelas, facas e um aparelho de som.

O idoso ficou assustado e retornou à unidade mista, solicitando ao guarda que o deixasse dormir naquele local.

A Polícia Militar foi acionada. Os militares conseguiram prender o bandido de 18 anos e o menor infrator de 16 anos. As genitoras acompanharam os infratores, que já encontram-se em liberdade.

Segundo a PM, o autor de 18 anos está envolvido em outras ocorrências. Uma de furto a um estabelecimento comercial e outra por repassar uma nota de dinheiro falsa.

Recentemente, circularam fotos do infrator de 16 anos na rede social WhatsApp.

A população deve redobrar os cuidados.

Conselheiros realizam a primeira reunião de 2020

Conselho de Patrimônio Histórico de Capinópolis realiza 1ª reunião em 2020

Polícia Civil desarticula quadrilha especialista em roubo e comércio de medicamentos