Homem é autuado em mais de R$4,5 mil por armazenar combustível irregularmente em Centralina

O dono do combustível foi autuado e preso. A Polícia Militar de Meio Ambiente também aprendeu 390 litros de gasolina e 180 litros de diesel

Um homem foi autuado pela Polícia Militar de Meio Ambiente (PMMA) por armazenar combustível de forma irregular em Centralina, no Triângulo Mineiro. A ação da PMMA ocorreu na manhã desta quarta-feira (22).

Segundo a PMMA, durante patrulhamento preventivo próximo a um comércio às margem da BR-153, foi visualizado 03 pessoas. Ao perceberem a aproximação da viatura policial se dispersaram, fato que originou a abordagem dos militares.

No local, foi constado dezenas de galões que estavam dispostos diretamente do solo, e outros acondicionados em um pequeno cômodo.

Durante transcorrer da abordagem foi constado 390 litros de gasolina e 180 litros de diesel, armazenados de forma irregular.

O proprietário do combustível foi preso em flagrante pelo Crime Ambiental descrito no artigo 56 da Lei Federal 9605/98 ” Lei do Crimes Ambientais”.

Foi lavrada Autuação Administrativa (multa) aplicada – R$ 4.639,50.

Autor e combustível apreendido foram encaminhados para delegacia da Polícia Civil para providências de Polícia Judiciária.

A origem do combustível será investigada pela Polícia Civil.

Fotos

Conheça as atividades excluídas do MEI em 2020

Sob Bolsonaro, Brasil repete pior nota em ranking de percepção do combate à corrupção