Alerta Rio prevê chuva fraca a moderada até sexta

Em estágio de atenção há mais de 24 horas por causa do tempo instável, a cidade do Rio de Janeiro continua com previsão de chuva para esta semana. A capital ainda deve registrar chuva fraca a moderada nesta terça-feira (11), com ventos predominantemente moderados, segundo o Alerta Rio, serviço de meteorologia da prefeitura.

A temperatura segue em declínio, e a máxima na cidade hoje deve ser de 26 graus Celsius.

Para a quarta-feira, a previsão é que a entrada de umidade vinda do Oceano Atlântico vai criar condições para mais chuva fraca a moderada, em pontos isolados. Na quinta, a previsão se mantém, mas a chuva deve se dar de maneira mais constante à tarde. 

Já na sexta, a chuva, também fraca a moderada, deve cair durante a madrugada. O tempo só voltará a ficar estável no sábado, quando não há previsão de chuva na cidade.

A chuva que cai desde ontem (10) já causou cerca de 90 pontos de bolsões d’água, que provocaram impacto no trânsito em diversas partes da cidade. Por volta das 17h de hoje, somente a Avenida Alfredo Balthazar, no Recreio, continuava alagada.

Entre as 15h de ontem e as 10h de hoje, a maior quantidade de chuva ocorreu em bairros do entorno da Floresta da Tijuca, com 139,8 milímetros de precipitação na Rocinha, 132,4 mm no Alto da Boa Vista, e 126 mm no Jardim Botânico.

Defesa Civil

A chuva levou à interdição de oito imóveis na Rua Bento Lisboa, no Catete, onde um sobrado desabou. Até as 15h, a Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil da cidade havia registrado 48 chamados pelo número telefônico 199, sendo 15 por infiltrações ou rachaduras em edificações e 14 por ameaça de desabamento de estrutura.

A Defesa Civil também acionou dez sirenes pelo risco de deslizamento em três comunidades da cidade. Sete delas foram na Rocinha, onde técnicos se encontram para atendimento aos moradores.  

O Aeroporto Internacional Tom Jobim está operando com ajuda de instrumentos, segundo a concessionária Rio Galeão. A Infraero também informou que o Santos Dumont opera por instrumentos desde as 12h56 de hoje.

Duque de Caxias, uma das maiores cidades da região metropolitana, manteve estágio de atenção máxima nesta terça-feira, por conta da possibilidade de chuva forte e a elevação dos rios que cortam o município. Foram registradas na cidade 16 ocorrências de desabamento e deslizamentos, que não deixaram vítimas, desabrigados ou desalojados.

País investiga 8 casos de Covid-19; 33 suspeitas foram descartadas

Congresso faz acordo com governo e derrubará vetos da LDO 2020