Goiás lamenta “falta de competência” em derrota pela Sul-Americana

Quase 70% de posse de bola não foram suficientes ao Goiás para superar o Sol de América, do Paraguai, na estreia do time na Copa Sul-Americana deste ano. Nesta terça-feira (11), no Estádio Luís Alfonso Giagni, em Assunção, o Esmeraldino foi derrotado por 1 a 0 pela equipe da casa no jogo de ida do confronto, válido pela primeira fase da competição.

“Criamos três oportunidades e não convertemos. Fomos superiores nos números, mas não há injustiça no futebol. Saímos frustrados, não tivemos competência para criar, nem para fazer gol. A classificação está em aberto”, disse Ney Franco, técnico do time brasileiro, em entrevista coletiva após a partida.

O gol paraguaio saiu aos 31 minutos do primeiro tempo. Após cobrança de falta, Tadeu fez grande defesa em cabeçada de Diego Valdéz, mas Nildo Vieira aproveitou a sobra para definir o placar para o Sol de América.

As equipes se reencontram no próximo dia 25 no Estádio Olímpico, em Goiânia. Uma vitória por dois gols de diferença classifica o Goiás. Se o Esmeraldino devolver o placar de 1 a 0, a vaga será decidida nos pênaltis. Como o gol fora de casa é critério de desempate, qualquer outro resultado garante os paraguaios.

Outros resultados desta terça (11) pela Sul-Americana:

Atlético Grau (PER) 1×2 River Plate (URU)

Deportivo Cali (COL) 2×1 River Plate (PAR)

Argentinos Juniors (ARG) 1×1 Sport Huancayo (PER)

Os jogos desta quarta-feira (12), no horário de Brasília:

19h15 – Lanús (ARG) x Universidad de Quito (EQU)

La Fortaleza, em Lanús (ARG)

19h15 – Huachipato (CHI) x Deportivo Pasto (COL)

Estádio CAP, em Talcahuano (CHI)

21h30 – Bahia x Nacional (PAR)

Arena Fonte Nova, em Salvador

21h30 – Llaneros (VEN) x Liverpool (URU)

La Carolina, em Barinas (VEN)

Confrontos entre perdedores na estreia marcam início da segunda rodada

Vitória segura Imperatriz e segue na Copa do Brasil: “Time remontado”