Santos x Cruzeiro é destaque na rodada do Brasileirão Feminino

Dois jogos encerram nesta segunda-feira (17) a terceira rodada da Série A-1 do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino. Às 19h (de Brasília), o Santos recebe o Cruzeiro na Vila Belmiro, em Santos (SP), em duelo entre times que estão com 100% de aproveitamento. Já às 20h30 (de Brasília), o Audax busca os primeiros pontos em São Paulo, no Parque São Jorge, contra o Corinthians, outra equipe 100%.

Com seis pontos, Peixe, Raposa e Timão jogam de olho na Ferroviária, que no domingo (16) chegou à terceira vitória em três partidas e assumiu a liderança temporária da competição. Fora de casa, em Vinhedo (SP), as atuais campeãs golearam o Palmeiras por 4 a 1. Patrícia Sochor (2), Sâmia e Maglia balançaram as redes para as Guerreiras Grenás – Carla Nunes descontou para o Verdão, que tem uma vitória e duas derrotas no Brasileiro.

O Grêmio, que iniciou a rodada empatado com a Ferroviária na tabela, perdeu a chance de seguir na cola das paulistas ao perder do Avaí/Kindermann por 1 a 0 em Caçador (SC). Júlia Bianchi marcou para as catarinenses, que chegaram aos mesmos seis pontos das gremistas e se recuperaram da derrota para o Corinthians, na rodada passada.

O Internacional teve melhor sorte que o rival gaúcho. Em Campinas (SP), mesmo atuando com um time misto, as Coloradas chegaram aos sete pontos ao golear a Ponte Preta por 6 a 1, com gols de Queila (2), Jheniffer (2), Leidi e Ju. Dandara, de pênalti, diminuiu para a Macaca, vice-lanterna do Brasileirão com três derrotas em três jogos.

Quem também atingiu sete pontos foi o São Paulo, que superou o Flamengo por 3 a 1 em Mesquita (RJ). Jaqueline (2) e Gláucia marcaram para o Tricolor Paulista, enquanto Renata fez para o Rubro-Negro. A equipe carioca soma os mesmos três pontos do São José, time que encabeça a zona de rebaixamento – os quatro últimos entre os 16 participantes caem para a Série A-2 – mas fica à frente das paulistas por ter um gol marcado a mais (4 a 3).

As joseenses, aliás, ganharam a primeira: 3 a 1 no Iranduba, em Manaus. Mylena Carioca, duas vezes, e Fernanda Tipa marcaram para o clube tricampeão da Libertadores Feminina. Bruna, contra, descontou para as amazonenses, que têm uma vitória e, agora, duas derrotas no Brasileirão.

A pior campanha até o momento é a do Vitória. Assim como Audax e Ponte Preta, o time baiano está zerado na tabela, mas tem pior saldo de gols (-12). No domingo (16), em Salvador, a equipe foi superada pelo Minas Icesp por 1 a 0. Luíza, nos acréscimos da primeira etapa, garantiu os primeiros três pontos da equipe do Distrito Federal no torneio.

 

Anvisa descarta suspeita de coronavírus em navio no Porto de Santos

Intenção de consumo das famílias sobe em fevereiro, diz CNC