Vaga e R$ 3 milhões em prêmios: Brusque curte fase na Copa do Brasil

Promovido à Série C do Campeonato Brasileiro, campeão da Série D, vivendo momento único em sua história, o Brusque acrescentou mais um feito à trajetória: alcançar, pela primeira vez, a terceira fase da Copa do Brasil. E foi com estilo: goleada por 5 a 1 para cima do Remo.

Além da vitória da quinta-feira (20), o Brusque comemora a premiação de R$ 1,5 milhão pela classificação à próxima etapa. Até agora, o clube já embolsou mais de R$ 3 milhões via Copa do Brasil – antes, foram R$ 540 mil pela participação e R$ 650 mil por passar à segunda fase, superando o Sport. Os recursos recebidos são fundamentais para a manutenção do time, da comissão técnica, dos funcionários e do aluguel de estádio, por exemplo, na sequência da temporada.

Thiago Alagoano (2), Airton, Edu e Neguete (contra) marcaram para o atual líder do Campeonato Catarinense, enquanto Giovane Gomez diminuiu para o clube de Belém no Estádio Augusto Bauer, em Brusque (SC). O time da casa ainda perdeu um pênalti, defendido por Vinícius – que, durante os 90 minutos, evitou uma derrota pior do Leão, terceiro colocado no Campeonato Paraense.

Os catarinenses, na inédita participação na terceira fase, terão pela frente Brasil de Pelotas ou Manaus – a quem, aliás, superaram na final da Série D. Gaúchos e amazonenses jogam no dia 4 de março, uma quarta-feira, em Pelotas (RS).

Consumo das Famílias ficou em 89,4 pontos em fevereiro

CCR vence leilão de concessão do trecho sul da BR-101