SP: mais de mil motoristas são autuados sob efeito de álcool

O Comando de Policiamento Rodoviário (CPRv), da Polícia Militar do Estado de São Paulo, informou que mais de 40 mil motoristas foram submetidos ao teste do etilômetro, dos quais 1.548 foram autuados e 21 presos em flagrante pelo crime de embriaguez ao volante. Esses são os resultados parciais registrados em dois dias de Operação Carnaval Mais Seguro 2020, executada em toda a malha viária paulista.

São mais de 3,5 mil policiais militares, 124 bases operacionais e mais de 800 viaturas policiais, diuturnamente, na prevenção criminal e segurança do trânsito. Uma das infrações de trânsito que mais atentam contra a preservação da vida é a ingestão de álcool ou outras substâncias psicoativas.

Motoristas alcoolizados

Dirigir sob a influência de álcool ou de qualquer outra substância psicoativa que determine dependência ou mesmo a recusa em ser submetido a teste, exame clínico, perícia ou outro procedimento que permita certificar influência de álcool ou outra substância psicoativa, implica infrações gravíssimas (sete pontos no prontuário). As multas chegam a R$ 2.934,70, além do recolhimento imediato do documento de habilitação, bem como da penalidade de suspensão do direito de dirigir por 12 meses.

Na hipótese de reincidência, as multas serão no valor de R$ 5.869,40. A conduta também pode caracterizar crime, com pena de detenção de 6 meses a 3 anos.
 

Damares diz que governo tem como prioridade proteger o direito à vida

Postos médicos atendem a 491 pessoas no Sambódromo do Rio