Polícia procura autor de disparos feitos em bloco de carnaval de SP

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo informou hoje (26) que o autor dos disparos que atingiram duas pessoas no Bloco da Latinha Mix, organizado pela Rádio Mix FM, ainda não foi identificado. O caso aconteceu na tarde desta terça-feira (25) e foi registrado em vídeo pelo DJ Diplo, quando estava no palco.

De acordo com a secretaria, as vítimas são uma adolescente, de 17 anos, e um jovem, de 20 anos. No momento em que os tiros foram disparados, o público fazia a concentração, para seguir adiante, na rua Henrique Schaumann, no bairro Pinheiros, zona oeste da capital.

A pasta relatou, em nota, que, policiais militares identificaram um tumulto generalizado no meio do bloco e que, logo depois, foram avisados por foliões que duas pessoas haviam sido atingidas por arma de fogo. As duas pessoas feridas foram socorridas pela equipe médica que atendia no local e foram encaminhadas ao Hospital Municipal Doutor Arthur Ribeiro de Saboya e ao Hospital das Clínicas.

No comunicado enviado à reportagem, a secretaria acrescenta que exames periciais foram solicitados ao Instituto Médico Legal (IML) e ao Instituto de Criminalística (IC). O caso foi registrado como tentativa de homicídio, no 14º Distrito Policial (Pinheiros).

A Agência Brasil solicitou à Secretaria de Saúde informações sobre o estado de saúde das vítimas e aguarda retorno.  

Maioria das estradas do Rio tem tráfego normal nesta quarta-feira

Brasil confirma primeiro caso do novo coronavírus