Eduard Soghomonyan garante vaga na luta greco-romana em Tóquio 2020

O Brasil assegurou na tarde de hoje (13) a primeira vaga na luta greco-romana nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. O armênio Eduard Soghomonyan, naturalizado brasileiro, grantiu a vaga ao derrotar, de virada, por 8 a 3, o venezuelano Moisés Pérez, na confronto final da categoria até 130Kg, no Pré-Olímpico Pan-Americano de Wrestling, realizado em Otawa (Canadá). As disputas foram realizadas sem a presença de pública, por precaução, devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19).  Com a vaga conquistada hoje por Soghomonyan, já chega a 175 o total de atletas brasileiros classificados para os Jogos no Japão.

Para chegar à final, Soghomonyan, de 30 anos, atropelou na estreia o mexicano Luís Alberto Román, com vitória por 9 a 0. Já a final contra Pérez, o brasileiro passou boa parte da luta atrás no placar. Perdia por 3 a 0 mas reagiu a tempo de virar o placar para 8 a 3, carimbando o passaporte para Tóquio 2020. Esta será a segunda participação do atleta em olimpíadas: a primeira foi na Rio 2016, quando ficou em 16º lugar.

Outros cinco brasileiros competiram nesta sexta (13) feira, em Ottawa, mas não conseguiram se classificar. Promessa na modalidade, o niteroiense Joilson Júnior foi derrotado na semifinal pelo colombiano Julian Horta. Os outros participantes foram Marat Garipov (até 60Kg), Ângelo Moreira (até 77Kg), Ronisson Brandão (até 87Kg) e Guilherme Evangelista (até 97Kg).

Disputa feminina

Amanhã (14), a partir das 12h30 (horário de Brasília), terá início a disputa feminina por vagas olímpicas. As representantes brasileiras são Kamila Barbosa (até 50Kg), Giulia Penalber (até 57Kg), Laís Nunes (até 62Kg), Dailane Reis (até 68Kg) e Aline Silva (até 76Kg). Já no domingo (15), acontecerão as disputas da categoria estilo livre, com a participação do brasileiros Bryan Oliveira (até 57Kg), David Moreira (até 65Kg) e Marcus Calasans (até 74Kg).

As partidas pordem ser acompanhadas ao vivo no site da United Word Wrestling.

Minas Gerais decreta situação de emergência para conter coronavírus

Governo do Rio antecipa férias escolares na rede pública e privada