Conheça os novos serviços de streaming que chegam ao Brasil

Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

Quem é fã de séries e filmes no Brasil pode se preparar para um aumento na oferta de serviços de streaming de vídeo on demand. Entre este ano e o próximo, Disney+, HBO Max, Peacock e Pluto devem estrear no país. Em 2019, AppleTV+ e StarzPlay já haviam passado a concorrer com plataformas como Netflix, Amazon Prime e GloboPlay. 

A ampliação no número de serviços é resultado da movimentação de gigantes da produção de conteúdo e da tecnologia rumo ao streaming, no rastro do sucesso da pioneira Netflix. Em 2019, companhias da magnitude de Disney, Apple, NBCUniversal e Time Warner anunciaram pesados investimentos em plataformas próprias, em que cada assinatura permite o acesso a suas produções. 

Para trazer o público para suas plataformas, os grandes estúdios e emissoras de TV começaram a retirar suas produções da Netflix. A companhia reagiu colocando conteúdo próprio na praça. Só no ano passado, foram lançadas 371 produções nos EUA, contra 240 no ano anterior, segundo a revista Variety.  

Assim, neste momento, o cenário do streaming caminha para um modelo em que o consumidor terá que assinar plataformas de diversas produtoras de conteúdo, em vez de comprar um serviço que aglutine séries e filmes feitas por empresas diferentes. 

Por isso, se prepare para colocar na lista de gastos mensais as assinaturas dos serviços abaixo — e não se esqueça de conferir se aquele filme ou série que você procura está disponível. 

Apple TV+ 

A Apple é novata no mercado de streaming e de produção de conteúdo, mas não está economizando esforços na empreitada. A empresa dedicou US$ 6 bilhões para investir em séries próprias com nomes de peso como Jason Momoa, Reese Whiterspoon, Jennifer Aniston e Steve Carell. 

Data de lançamento no Brasil: estreou em novembro de 2019. 

Preço da assinatura: R$ 9,90 com compartilhamento para até cinco pessoas. A Apple oferece um ano de assinatura gratuita para quem adquirir gadgets da marca. 

O que oferece: com plano de se tornar plataforma quase toda de exclusivos, a Apple já lançou os seriados como “The Morning Show”, com Aniston, Carrell e Whiterspoon; “See”, com Jason Momoa; “Truth Be Told”, com Octavia Spencer e Aaron Paul; além de um novo programa com a apresentadora Oprah Winfrey, que fechou acordo de longo prazo com a empresa. 

Disney+ 

O serviço reúne programas, filmes e séries de todos os estúdios e canais de televisão sob o guarda-chuva da Disney. Isso inclui filmes e séries da Fox, National Geographic, LucasFilm, Marvel Studios e Pixar. 

Data de lançamento no Brasil: novembro de 2020. 

Preço da assinatura: ainda não divulgado para o Brasil. 

O que oferece: Os produtos exclusivos do serviço incluem a versão live action de “A Dama e o Vagabundo”; o seriado “The Mandalorian”, da saga Star Wars; e as séries da Marvel Studios, como “Wandavision”, “Loki e Falcão” e “Soldado Invernal’. Do catálogo da Fox, vêm séries como “Os Simpsons” e “Homeland”.  

HBO Max  

O serviço é a evolução do HBO Go, presente no Brasil desde o final de 2017. A grande diferença para o atual é a adição de programas produzidos pela Time Warner, resultado da compra do grupo de entretenimento pela AT&T, empresa americana que controla os canais HBO. A plataforma será lançada nos EUA em maio. 

Data de lançamento no Brasil: a chegada na América Latina está prevista para 2021. 

Preço da assinatura: ainda não divulgado para o Brasil. 

O que oferece: Além de todos os filmes e séries feitos pela HBO como “Game of Thrones”, “Chernobyl” e “Família Soprano”, o serviço contará também com “Friends”, “South Park”, “The Big Bang Theory”, “Rick and Morty” e filmes da DC Comics, desde “Liga da Justiça” até o aclamado “Coringa”. 

Peacock 

O serviço de streaming da NBCUniversal abriga não só os programas do canal americano NBC, mas todos os filmes dos estúdios sob controle da Universal, como Dreamworks, Illumination e Amblin. O Peacock estreia em 15 de julho nos EUA. 

Data de lançamento no Brasil: A previsão de lançamento na América Latina é em 2021. 

Preço da assinatura: ainda não divulgado para o Brasil. 

O que oferece: A plataforma terá programas como o “Saturday Night Live”, além de filmes como “Shrek”, “King Kong”, “Velozes e Furiosos” e “E.T. – O Extraterrestre”. Entre os seriados, estão “Two and a Half Men”, “Brooklyn Nine-Nine” e “Downtown Abbey”.  

Pluto 

O Pluto oferece o streaming on demand (não linear) e também linear, com programação fixa, como a TV comum. O Globosat Play, por exemplo, também faz isso — mas exige a intermediação de uma operadora de TV por assinatura. O Pluto terá 16 canais com curadoria própria na estreia, além de canais que retransmitem sua programação ao vivo na plataforma. O serviço é do conglomerado de mídia ViacomCBS, que detém canais como MTV e CBS.   

Data de lançamento no Brasil: até o final do ano, sem data definida.  

Preço da assinatura: será grátis, com exibição de anúncios. 

O que oferece: Além dos canais próprios e retransmitidos, terá séries e programas da antiga MTV e desenhos da Nickelodeon. 

Starz Play 

O serviço de streaming pertence ao estúdio Lionsgate, que detém o Starz, canal de televisão e companhia de distribuição. 

Data de lançamento no Brasil: chegou ao Brasil em 2019. 

Preço da assinatura: R$ 14,99 

Diferenciais: é possível assistir aos filmes das sagas “Jogos Vorazes” e “Crepúsculo”, além de séries originais como “Castle Rock” e “American Gods”. 

Receita paga hoje restituições residuais do IRPF do período 2008/2019

Líderes europeus debaterão efeitos do coronavírus nesta terça-feira