Federações estaduais suspendem campeonatos Gaúcho e Paulista

Após reuniões com representantes dos clubes que disputam os Campeonatos Paulista e Gaúcho, as respectivas federações de futebol decidiram pela paralisação dos Estaduais como forma de prevenção contra o novo coronavírus (Covid-19).  A princípio, as competições do Rio Grande do Sul (primeira divisão e de acesso) estão suspensas por duas semanas. Já o campeonato paulista  terá a conclusão da 10ª rodada da Série A1 nesta segunda-feira (16) com o clássico de Campinas (SP) – Guarani e Ponte Preta – às 20h (horário de Brasília), com portões fechados. A partir e amanhã (17) começa a valer a interrupção do torneio por tempo indeterminado. 

“Os clubes votaram e decidiram em consenso pela paralisação da competição”, relata a nota oficial publicada pela Federação Paulista de Futebol (FPF), que ainda discute o futuro das divisões de acesso (Séries A2 e A3), que também estão em andamento.

O presidente da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), Luciano Hocsmann, afirmou que um gabinete 24 horas monitorará o avanço da pandemia para definir, inclusive, a sequência ou não do torneio. “Não se pode descartar (o cancelamento do Estadual); não sabemos se em 15 dias a situação estará melhor, nem se terão datas (para remarcar os jogos)”, explicou, em entrevista coletiva após a reunião.

Vale lembrar que 13 dos 16 times que disputam o Estadual principal de São Paulo estão em alguma divisão do Campeonato Brasileiro – início em 3 de maio -, além de São Bento e São Caetano, que disputam a Série A2 do Paulista. No Rio Grande do Sul, são nove equipes nas Séries A, B, C e D do Brasileirão entre os 12 participantes da primeira divisão.

No fim de semana, a FGF já havia adiado os jogos da divisão de acesso e decidido realizar as partidas da primeira divisão sem torcida.  A FPF, por sua vez, seguindo orientação da Confederação Brasileira da modalidade (CBF), determinou que os confrontos marcados para a cidade de São Paulo ocorressem com portões fechados. A presença de torcedores foi liberada nos demais duelos, exceto em Campinas, por decisão da prefeitura.

O Gauchão para após três rodadas disputadas (de um total de seis) no segundo turno. Se a competição acabasse agora, teria Grêmio, Novo Hamburgo, Internacional e Caxias classificados para a semifinal. Os caxienses venceram o primeiro turno e estão garantidos na final. No Paulistão, restam duas rodadas para o término da primeira fase. Se o torneio se encerrasse hoje, as quartas de final teriam confrontos entre Santos e Oeste; Santo André e Palmeiras; São Paulo e Mirassol; e Red Bull Bragantino e Guarani.

Ontem (15), a CBF emitiu comunicado suspendendo as competições em andamento –  Copa do Brasil, Séries A1 e A2 dos Campeonatos Brasileiros de Futebol Feminino, Brasileiro sub-17 e a Copa do Brasil sub-20 –  mas deixou a paralisação dos torneios regionais  a critério das federações estaduais.

Penitenciária do Rio tem 17 casos suspeitos de sarampo

ANP ensina a identificar irregularidades em postos de combustível