Polícia Civil prende suspeitos de espancar jovem até a morte em Ituiutaba

A Polícia Civil de Minas Gerais cumpriu, nessa quinta-feira (26), mandados de prisão preventiva contra dois dos cinco suspeitos de cometerem um homicídio, ocorrido no dia 12 de fevereiro, em Ituiutaba, no Triângulo Mineiro.

A vítima foi espancada brutalmente pelos suspeitos e, após permanecer internada no hospital, veio a óbito por traumatismo craniano devido às agressões sofridas.

No dia do crime, a vítima estava com alguns amigos no Posto Universitário, onde, após desentendimento com os envolvidos, chegou a ficar inconsciente depois de ser agredida por motivo desproporcional ao que estavam discutindo.

O inquérito policial que apura o crime foi concluído, e os suspeitos foram indiciados. As investigações prosseguem a fim de localizar e prender outros três suspeitos de envolvimento no homicídio, que estão com mandados de prisão preventiva em aberto.

Dois outros suspeitos presos

Mais dois dos cinco envolvidos em um homicídio ocorrido no dia 12 de fevereiro, em Ituiutaba, foram presos pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG). As prisões foram realizadas por meio de mandados de prisão preventiva, cumpridos na sexta-feira (27) e no sábado (28).

O caso

O de 23 anos ficou gravemente ferido após ser espancado em um posto de combustíveis em Ituiutaba no dia (12.fev.2020). A confusão ocorreu por volta das 21h na Avenida 17 com a José João Dib.

A Polícia Militar foi acionada por testemunhas a comparecer ao ‘Posto Universitário’ onde estaria ocorrendo uma briga. Chegando ao local, a PM se deparou com a vítima caída ao solo. O jovem de 23 anos foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência — SAMU.

O jovem não resistiu aos ferimentos e morreu.

Covid-19: Barreiras sanitárias são implantadas em Capinópolis

Videogame para manter a mente ativa