Publicação do MS reúne dados científicos relacionados à Covid-19

Quais evidências científicas temos sobre os casos assintomáticos do coronavírus; sobre o uso de máscaras; ou sobre a higiene de superfícies? O ministério da Saúde editou uma publicação que reúne as mais recentes evidências científicas de todo o mundo relacionadas à Covid-19.

O documento alerta que os casos assintomáticos, que não apresentam sintomas, transmitem a doença tanto quanto os casos sintomáticos. Devido a isso, os estudos apontam que medidas de contenção podem incluir a suspensão de atividades econômicas ou educacionais e devem ser adotadas para minimizar a propagação da doença e a superlotação do sistema de saúde.

Sobre o uso de máscaras, a publicação ressalta que a Organização Mundial da Saúde não recomenda que pessoas assintomáticas usem máscaras em ambientes públicos pois pode criar uma falsa sensação de segurança, levando a população a negligenciar as medidas básicas, como a higiene das mãos.

Mas, para o Ministério da Saúde, o uso de máscaras de pano pela população pode ser um método de barreira importante quando combinado aos demais cuidados. O documento lembra que é preciso higienizar as mãos antes e após a remoção das máscaras, que devem ser lavadas entre um uso e outro.

A publicação também alerta para a limpeza das superfícies, como maçanetas, pisos ou qualquer objeto que tocamos. Não se sabe ao certo quanto tempo o vírus pode sobreviver fora do corpo humano. Alguns estudos apontam até nove dias em cima de determinadas superfícies.

Por isso, é recomendado lavar as superfícies com produtos a base de álcool, entre 62% e 71%, com água sanitária, equivalente a uma colher de sopa para cada litro de água, ou ainda água oxigenada.

Faturamento da indústria desacelera em fevereiro, diz CNI

Netflix lança mais recursos para controle dos pais