Moto com placa de caminhonete adulterada é apreendida em Patrocínio

A princípio, a falta de capacete do condutor e passageiro chamaram a atenção da guarnição. O dono da moto disse ter encontrado a placa à margem de uma estrada vicinal na zona rural e que a colocou na motocicleta para não chamar a atenção da fiscalização

Condutor e passageiro estavam sem capacete e chamaram a atenção da guarnição policial | Foto: Tático Rodoviário de Patrocínio
Condutor e passageiro estavam sem capacete e chamaram a atenção da guarnição policial | Foto: Tático Rodoviário de Patrocínio

Uma motocicleta com uma placa de uma caminhonete foi apreendida na MG-188, próximo ao povoado dos Martins, em Patrocínio, no último sábado (25.abr.2020).

A guarnição avistou a motocicleta CG/Fan 150 cor preta, trafegando no sentido contrário ao da viatura. Os ocupantes estavam sem capacete e acabaram chamando a atenção dos policiais. A guarnição fez manobra de retorno e abordou os indivíduos, o condutor F.E.C.S, 25 anos, e o passageiro M.R.G, 27 anos.

Durante a fiscalização, os militares constataram que a motocicleta portava uma placa de identificação que pertencia a uma caminhonete Fiat/Strada de Patrocínio/MG, a qual não possuía sinalização de furto ou roubo, e que a numeração do chassi da motocicleta foi totalmente suprimida.

Os abordados relataram à guarnição que a motocicleta pertencia a um amigo deles que residia no povoado dos Martins, que havia lhes emprestado a motocicleta.

A guarnição deslocou até o povoado e localizou o suposto proprietário da motocicleta, E.F.S, 37 anos.

E.F.S. relatou aos militares que havia adquirido a motocicleta de um indivíduo que reside na zona rural de Coromandel, e que este não lhe entregou nenhum documento que comprovasse a origem da motocicleta.

Perguntado sobre a placa da caminhonete que foi colocada na motocicleta, E.F.S relatou que havia encontrado a placa à margem de uma estrada vicinal na zona rural e que a colocou na motocicleta para não chamar a atenção da fiscalização.

Os militares não puderam identificar a motocicleta. A identificação ficará a cargo da Perícia.

Foi dada voz de prisão a E.F.S por adulterar sinal identificador de veículo automotor, sendo conduzido à delegacia de Polícia Civil de Patrocínio.

A motocicleta foi apreendida.

Moro exibe ao JN mensagens em que Bolsonaro cobra mudança na direção da PF

Decreto 4.694 estabelece normas de enfrentamento à Covid-19 em Capinópolis