A missão da SpaceX e o setor aeroespacial brasileiro

Ciência é Tudo desta semana fala sobre o sucesso da missão que levou dois astronautas norte-americanos ao espaço e as expectativas para o setor aeroespacial brasileiro. 

O mundo viveu recentemente mais um momento histórico da astronáutica. Quase uma década após o último lançamento espacial tripulado de solo americano, a parceria entre a Nasa e a empresa SpaceX tornou possível o envio de dois astronautas à órbita da Terra. A chegada da nave Crew Dragon à Estação Espacial Internacional marcou o sucesso da missão.

A apresentadora Priscila Rangel traz as novidades do setor aeroespacial - Divulgação/TV Brasil
A apresentadora Priscila Rangel traz as novidades do setor aeroespacial – Divulgação/TV Brasil

O Brasil também dá passos nessa área e aposta na Estação Aeroespacial localizada em Alcântara, no Maranhão. A base tem posicionamento estratégico próxima à Linha do Equador e já fez centenas de lançamentos desde a inauguração, na década de 1980. Para potencializar a base, o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) abriu edital que convoca empresas a investirem aqui no país. 

No programa desta semana, vamos conversar também com o ministro do MCTIC e também astronauta, Marcos Pontes, e com o, presidente da Agência Espacial Brasileira, Carlos Moura. Eles comentam o sucesso do lançamento da Crew Dragon, que decolou, na Flórida, no último fim de semana de maio. O lançamento tem como destaque a articulação entre os setores público e privado.

Por fim, o Ciência é Tudo mostra como o setor aeroespacial estimula a economia gerando inovação científica e tecnológica para o nosso dia a dia.

Inflação das famílias de baixa renda cai em maio; alimentação foi item que mais pesou

Prefeitura do Rio lança programa de preservação de espécies da flora ameaçadas de extinção