Capinópolis registra 38º caso confirmado de Covid-19 e novo decreto é publicado

Com o 38º caso de Covid-19 confirmado neste domingo (21.jun.2020), o Município de Capinópolis endureceu as medidas de enfrentamento à doença.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, o sistema de saúde da região do Triângulo Norte — ao qual Capinópolis participa— está no limite. A região conta com 256 UTIs e os 754 leitos de enfermaria.

O novo decreto neste domingo (21.jun.2020) e proíbe as atividades de clubes, academias de ginástica, boates, salões de festas, teatros, casas de espetáculos e clínicas de estética. As reuniões que excedam 10 pessoas estão proibidas — o que inclui as atividades religiosas. As atividades de bares, restaurantes e lanchonetes podem operar apenas em regime de delivery (entrega).

O uso de máscara passou a ser obrigatório e as reuniões domiciliares com participação acima de 10 pessoas estão proibidas.

Na última terça-feira (16.jun.2020), a secretária de saúde de Capinópolis, Sandra Barbosa, participou de uma transmissão ao vivo no Tudo Em Dia e explicou o motivo do aumento dos casos.

“Quanto mais testes rápidos e exames de SWAB nasal realizamos mais pacientes positivos são diagnosticados. Com essa ação conseguimos identificar os pacientes positivos sintomáticos e assintomáticos, isolar e monitorar todos os casos diminuindo a circulação do vírus em nossa cidade”, disse Sandra Barbosa.

Assista à entrevista com a secretária Sandra Barbosa:

O Município de Capinópolis implementou barreiras sanitárias nas entradas da cidade e efetuou a interdição de praças para conter o avanço da doença.

Novo decreto volta a fechar bares, academias e outras atividades em Capinópolis