Capinópolis registra o 59º caso de Covid-19. Unidade semi-intensiva é reformulada com melhorias

A unidade semi-intensiva conta com capacidade técnica de atender dois pacientes com sintomas agudos de Covid-19

(Esq) Dra. Maria Carolina — promotora de Justiça, Juliana de Jesus — enfermeira, Flávia — enfermeira padrão e Sandra Barbosa — secretária de saúde do Município de Capinópolis.
(Esq) Dra. Maria Carolina — promotora de Justiça, Juliana de Jesus — enfermeira, Flávia Almeida Silveira — enfermeira padrão e Sandra Barbosa — secretária de saúde do Município de Capinópolis.

Capinópolis, Minas Gerais — O 59º caso de Covid-19 foi confirmado nesta segunda-feira (29.jun.2020) pela Secretaria de Saúde do Município de Capinópolis. O número de casos deve aumentar, já que há 68 casos suspeitos de infecção.

O boletim epidemiológico aponta que 34 pacientes já foram curados da doença.

A pandemia de Covid-19 vem causando desestabilização da economia brasileira e colapsando o Sistema Único de Saúde (SUS) em grandes centros. Capinópolis, cidade com pouco mais de 16 mil habitantes, não tem Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Uma unidade semi-intensiva está instalada no Hospital Faepu com dois respiradores mecânicos doados pelo Ministério Público Estadual (MPE).

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, o sistema de saúde da região do Triângulo Norte — ao qual Capinópolis participa— está no limite. A região conta com 256 UTIs e os 754 leitos de enfermaria.

Diante da falta de leitos na região, as instalações da unidade semi-intensiva de Capinópolis foram melhoradas com recursos do Ministério Público Estadual. A unidade recebeu novas poltronas, camas, suporte de soro e mesa de alimentação.

As melhorias foram anunciadas na última semana e contam com capacidade técnica de atender dois pacientes com sintomas agudos de Covid-19.

Unidade semi-intensiva foi totalmente reformulada

Suspeitos de furtarem supermercado em Capinópolis são presos pela PM

Veja o resumo da sessão da Câmara Municipal, realizada em 30.jun